PLACAR

Zverev revela que jogou doente: “Fui perdendo energia”

Foto: ATP Tour

Melboure (Austrália) – Frustrado com a derrota nas semifinais do Australian Open para Daniil Medvedev com uma dura virada, Alexander Zverev lamentou o fato de não ter jogado com 100% de suas condições, revelando que ficou doente após a partida contra Carlos Alcaraz na última quarta-feira. Segundo o alemão, esse foi o principal motivo pela queda de rendimento no duelo desta sexta contra o russo, que venceu por 5/7, 3/6, 7/6 (7-4), 7/6 (7-5) e 6/3 em 4h20 de confronto.

“No final do segundo set comecei a perder energia e não me senti mais tão revigorado. Fiquei um pouco doente depois do jogo com o Alcaraz, tive febre, e obviamente isso não ajudou na recuperação após aquela partida”, explicou o jogador de 26 anos.

Ainda de acordo com Sascha, em determinado momento ele apenas tentou resistir à situação, mas não obteve êxito diante do ímpeto de Medvedev. “É impossível jogar contra Daniil quando você não está 100% fisicamente. Ele faz você trabalhar em cada ponto, e quando você não consegue mais fazer isso fica muito difícil. Obviamente estive muito perto da vitória no terceiro e no quarto sets, mas não fui mais o mesmo jogador dos dois primeiros sets. Eu estava apenas aguentando”, detalhou.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Esta foi apenas a segunda vez na carreira que Zverev perdeu uma partida após abrir dois sets de vantagem. A outra aconteceu justamente na decisão do US Open de 2020 contra o austríaco Dominic Thiem, despertando lembranças não muito boas no alemão. Para ele, no entanto, o mais decepcionante foi não ter conseguido dar o seu melhor desta vez.

“Para mim, é mais frustrante não me sentir 100% fisicamente. Isso meio que me tirou a chance de vencer. Eu estava jogando bem o suficiente, durante todo o torneio, de certa forma. Eu joguei um tênis muito bom e perdi por causa de um estado físico, não por causa do tênis. Isso é decepcionante. Essa é provavelmente a primeira vez ou uma das primeiras vezes na minha carreira que algo parecido aconteceu”, lamentou.

Apesar de culpar o próprio estado de saúde pela derrota, Sascha teve chance de liquidar a partida e chegou a sacar com 5-4 no tiebreak no quarto set, mas acabou perdendo os dois pontos em seu serviço e viu Medvedev empatar a partida na sequência. “Foi ainda mais decepcionante que, no tiebreak com 5-4, eu não tenha sacado bem. Na verdade o ponto do 5-5 foi puramente azar, para ser honesto”, disse.

Mesmo com a eliminação, o atual número 6 do mundo acredita que ainda poderá vencer o seu tão sonhado primeiro Slam. “Estou orgulhoso de mim mesmo, porque fiz tudo o que pude. Fiz um bom trabalho de pré-temporada e aqui na Austrália. Eu estava focado e concentrado, mas as coisas aconteceram fora do meu controle. Não foi minha última chance, espero.”

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gilvan
Gilvan
5 meses atrás

Cada um com a sua desculpa. Jogador profissional nunca joga 100%, está sempre com algum problema de saúde. É natural.

Paulo
Paulo
5 meses atrás
Responder para  Gilvan

Exato!!ele fala como se o Medvedev estivesse descansado…

Flávio
Flávio
5 meses atrás
Responder para  Gilvan

Gilvan se coloque na pele dele cara, ora bolas não é fácil não e ainda frustrante porque tinha o jogo na mão, e perder um jogo assim é tenso demais.

Gilvan
Gilvan
5 meses atrás
Responder para  Flávio

Me coloquei, Flavio: todo esportista profissional está constantemente com problemas de saúde, sejam doenças, sejam contusões.
Essa história de que esporte (de alto rendimento) é saúde é um mito.
Tenho certeza que o Medvedev também está com seus problemas físicos.

André Aguiar
André Aguiar
5 meses atrás
Responder para  Gilvan

Discordo em parte. É fato que atletas de alto rendimento convivem com dores e pequenas lesões, as quais não os impedem de jogar e até ganhar torneios (vide Djokovic no AO do ano passado). Porém, doenças provocadas por vírus ou bactérias que venham a causar febre e problemas intestinais ou respiratórios são menos comuns e geralmente mais incapacitantes. Ele alegou que teve febre após a vitória sobre o Alcaraz e mesmo tendo melhorado, pode de fato ter lhe tirado energia na semifinal.

Albert
Albert
5 meses atrás

Aaaaaaaaaaaah, ta… Então foi isso.

William
William
5 meses atrás
Responder para  Albert

Pelo visto ele vive doente.. pq foi a sétima partida dos dois e a sexta derrota dele..KKkkkkk

Albert
Albert
5 meses atrás
Responder para  William

Ficar dando desculpa depois de uma derrota normalmente nao é bem visto, nao sei como ele nao sabe disso. Alem do mais, ele nao pediu fisioterapeuta nem nada. Mesmo q tivesse sentido algo, era melhor nao falar nada.

André Aguiar
André Aguiar
5 meses atrás
Responder para  William

Errado. Foi a 19ª partida entre eles, agora com 12-7 a favor do russo.

Joselito
Joselito
5 meses atrás

Ele contraiu Ancilostomíase, conhecida no Brasil como amarelão.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
5 meses atrás
Responder para  Joselito

Acho que ele é botafoguense.

Gisele Matias
Gisele Matias
5 meses atrás

Tomou uma virada cinematográfica e vem com essa de doente

Adriano
Adriano
5 meses atrás

Ele joga muito bem ….porem o Russo nao esta entre os top 10 a mais de 10 anos por ser um fracassado . Todo atleta de alto rendimento joga machucado ou doente …. O merito foi total do Russo que acertou uma bola que somente os melhores fazem e o Sasha que treine mais ….no patamar que ele esta nao existe bobo nao

André Aguiar
André Aguiar
5 meses atrás
Responder para  Adriano

Deculpe, mas a sua informação sobre ranking carece de fundamento. O russo Daniil Medvedev alcançou o top 10 pela primeira vez em 2019, há quatro anos e meio, portanto. Há dez anos (jan/2014), ele nem figurava do ranking, pois não havia ainda conquistado o seu primeiro ponto em torneio ATP, o que só veio a fazê-lo em julho daquele ano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE