PLACAR

Zverev revela que jogou doente: “Fui perdendo energia”

Foto: ATP Tour

Melboure (Austrália) – Frustrado com a derrota nas semifinais do Australian Open para Daniil Medvedev com uma dura virada, Alexander Zverev lamentou o fato de não ter jogado com 100% de suas condições, revelando que ficou doente após a partida contra Carlos Alcaraz na última quarta-feira. Segundo o alemão, esse foi o principal motivo pela queda de rendimento no duelo desta sexta contra o russo, que venceu por 5/7, 3/6, 7/6 (7-4), 7/6 (7-5) e 6/3 em 4h20 de confronto.

“No final do segundo set comecei a perder energia e não me senti mais tão revigorado. Fiquei um pouco doente depois do jogo com o Alcaraz, tive febre, e obviamente isso não ajudou na recuperação após aquela partida”, explicou o jogador de 26 anos.

Ainda de acordo com Sascha, em determinado momento ele apenas tentou resistir à situação, mas não obteve êxito diante do ímpeto de Medvedev. “É impossível jogar contra Daniil quando você não está 100% fisicamente. Ele faz você trabalhar em cada ponto, e quando você não consegue mais fazer isso fica muito difícil. Obviamente estive muito perto da vitória no terceiro e no quarto sets, mas não fui mais o mesmo jogador dos dois primeiros sets. Eu estava apenas aguentando”, detalhou.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Esta foi apenas a segunda vez na carreira que Zverev perdeu uma partida após abrir dois sets de vantagem. A outra aconteceu justamente na decisão do US Open de 2020 contra o austríaco Dominic Thiem, despertando lembranças não muito boas no alemão. Para ele, no entanto, o mais decepcionante foi não ter conseguido dar o seu melhor desta vez.

“Para mim, é mais frustrante não me sentir 100% fisicamente. Isso meio que me tirou a chance de vencer. Eu estava jogando bem o suficiente, durante todo o torneio, de certa forma. Eu joguei um tênis muito bom e perdi por causa de um estado físico, não por causa do tênis. Isso é decepcionante. Essa é provavelmente a primeira vez ou uma das primeiras vezes na minha carreira que algo parecido aconteceu”, lamentou.

Apesar de culpar o próprio estado de saúde pela derrota, Sascha teve chance de liquidar a partida e chegou a sacar com 5-4 no tiebreak no quarto set, mas acabou perdendo os dois pontos em seu serviço e viu Medvedev empatar a partida na sequência. “Foi ainda mais decepcionante que, no tiebreak com 5-4, eu não tenha sacado bem. Na verdade o ponto do 5-5 foi puramente azar, para ser honesto”, disse.

Mesmo com a eliminação, o atual número 6 do mundo acredita que ainda poderá vencer o seu tão sonhado primeiro Slam. “Estou orgulhoso de mim mesmo, porque fiz tudo o que pude. Fiz um bom trabalho de pré-temporada e aqui na Austrália. Eu estava focado e concentrado, mas as coisas aconteceram fora do meu controle. Não foi minha última chance, espero.”

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gilvan
Gilvan
29 dias atrás

Cada um com a sua desculpa. Jogador profissional nunca joga 100%, está sempre com algum problema de saúde. É natural.

Paulo
Paulo
29 dias atrás
Responder para  Gilvan

Exato!!ele fala como se o Medvedev estivesse descansado…

Flávio
Flávio
29 dias atrás
Responder para  Gilvan

Gilvan se coloque na pele dele cara, ora bolas não é fácil não e ainda frustrante porque tinha o jogo na mão, e perder um jogo assim é tenso demais.

Gilvan
Gilvan
28 dias atrás
Responder para  Flávio

Me coloquei, Flavio: todo esportista profissional está constantemente com problemas de saúde, sejam doenças, sejam contusões.
Essa história de que esporte (de alto rendimento) é saúde é um mito.
Tenho certeza que o Medvedev também está com seus problemas físicos.

André Aguiar
André Aguiar
28 dias atrás
Responder para  Gilvan

Discordo em parte. É fato que atletas de alto rendimento convivem com dores e pequenas lesões, as quais não os impedem de jogar e até ganhar torneios (vide Djokovic no AO do ano passado). Porém, doenças provocadas por vírus ou bactérias que venham a causar febre e problemas intestinais ou respiratórios são menos comuns e geralmente mais incapacitantes. Ele alegou que teve febre após a vitória sobre o Alcaraz e mesmo tendo melhorado, pode de fato ter lhe tirado energia na semifinal.

Albert
Albert
29 dias atrás

Aaaaaaaaaaaah, ta… Então foi isso.

William
William
29 dias atrás
Responder para  Albert

Pelo visto ele vive doente.. pq foi a sétima partida dos dois e a sexta derrota dele..KKkkkkk

Albert
Albert
28 dias atrás
Responder para  William

Ficar dando desculpa depois de uma derrota normalmente nao é bem visto, nao sei como ele nao sabe disso. Alem do mais, ele nao pediu fisioterapeuta nem nada. Mesmo q tivesse sentido algo, era melhor nao falar nada.

André Aguiar
André Aguiar
28 dias atrás
Responder para  William

Errado. Foi a 19ª partida entre eles, agora com 12-7 a favor do russo.

Joselito
Joselito
29 dias atrás

Ele contraiu Ancilostomíase, conhecida no Brasil como amarelão.

Paulo Roberto
Paulo Roberto
28 dias atrás
Responder para  Joselito

Acho que ele é botafoguense.

Gisele Matias
Gisele Matias
29 dias atrás

Tomou uma virada cinematográfica e vem com essa de doente

Adriano
Adriano
28 dias atrás

Ele joga muito bem ….porem o Russo nao esta entre os top 10 a mais de 10 anos por ser um fracassado . Todo atleta de alto rendimento joga machucado ou doente …. O merito foi total do Russo que acertou uma bola que somente os melhores fazem e o Sasha que treine mais ….no patamar que ele esta nao existe bobo nao

André Aguiar
André Aguiar
28 dias atrás
Responder para  Adriano

Deculpe, mas a sua informação sobre ranking carece de fundamento. O russo Daniil Medvedev alcançou o top 10 pela primeira vez em 2019, há quatro anos e meio, portanto. Há dez anos (jan/2014), ele nem figurava do ranking, pois não havia ainda conquistado o seu primeiro ponto em torneio ATP, o que só veio a fazê-lo em julho daquele ano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE