PLACAR

Ymanitu joga 1º US Open e estreia contra ‘lenda’

Ymanitu Silva

Nova York (EUA) – Pela primeira vez em sua carreira profissional, Ymanitu Silva disputará o US Open no tênis em cadeira de rodas. Este é o único Grand Slam que o catarinense de 40 anos ainda não havia jogado. O brasileiro é o número 10 no ranking mundial da divisão Quad, destinada aos tenistas com deficiência em pelo menos um membro superior.

Ymanitu estreia nesta terça-feira, ao meio-dia (de Brasília) contra uma lenda da modalidade, o norte-americano David Wagner, que tem 49 anos e já conquistou sete títulos de Grand Slam em simples e mais 22 nas duplas. A partida acontece na quadra 7. O vencedor enfrenta o australiano Heath Davidson ou o turco Ugur Altinel.

“Ele é uma lenda do tênis em cadeira de rodas, que esta no circuito desde 2004 e sempre se reinventa para continuar se mantendo no auge e acompanhando a evolução do esporte”, disse Ymanitu, projetando a partida de estreia. Ele tem duas vitórias contra Wagner, ambas no ano passado em Portugal, mas o norte-americano venceu outros 17 confrontos.

“Já tivemos vários confrontos. É um jogo muito dificil e extremamente tático, onde tenho que jogar 110% O tempo inteiro em cima da estratégia e tática estabelecida”, acrescentou. “Cheguei alguns dias antes para treinar, gostei bastante das quadras e estou pronto para a estreia”.

Ymanitu Silva faz sua quinta aparição em um Grand Slam e já disputou três finais de duplas. Foram duas em Roland Garros em 2019 e 2022, e uma no Australian Open deste ano. Já na grama de Wimbledon, atuou no ano passado e caiu nas estreias de simples e duplas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE