PLACAR

Wozniacki e Raducanu estreiam bem, Collins desafia Iga

Foto: Jonathan Moore/BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Em jogo iniciado na última quarta-feira e retomado apenas nesta quinta após duas interrupções por chuva, Caroline Wozniacki estreou com vitória no WTA 1000 de Indian Wells. A ex-número 1 do mundo e campeã do torneio em 2011 superou a chinesa Lin Zhu, 62ª do ranking, por 7/6 (8-6) e 6/1.

Esta foi apenas a segunda vitória na temporada para Wozniacki, que em janeiro havia avançado uma rodada no Australian Open. A dinamarquesa de 33 anos e mãe de dois filhos retornou ao circuito em agosto do ano passado, mas tem disputado poucos torneios e atualmente aparece no 204º lugar do ranking. Sua próxima rival é a croata Donna Vekic, 36ª do ranking. Wozniacki venceu os dois duelos anteriores.

O primeiro set foi disputado ainda na quarta-feira, com muito vento e dificuldades para que as jogadoras controlassem os pontos, especialmente para quem estivesse à esquerda da cadeira da árbitra brasileira Paula Vieira. Durante o tiebreak, Wozniacki foi mais regular, contou com alguns erros da chinesa e foi decisiva em dois winners de backhand nas paralelas para vencer o set por vantagem mínima. Já nesta quinta, a dinamarquesa não enfrentou break-points, cedeu só quatro pontos nos games de serviço e fez seis games seguidos para chegar à vitória.

Além de Wozniacki, outra campeã de Grand Slam a estrear com vitória em Indian Wells foi a britânica Emma Raducanu, que bateu a espanhola Rebeka Masarova, 96ª do ranking, por 6/2 e 6/4 em 1h45 de partida. Mesmo com algumas oscilações nos games de saque, já que fez 8 duplas faltas e enfrentou 16 break-points, a britânica conseguiu fechar em dois sets, quebrando seis vezes o serviço da rival.

Raducanu ficou sem jogar entre maio do ano passado e janeiro deste ano por conta de cirurgias nos dois punhos e também no tornozelo. Ela tem quatro vitórias na temporada, mas ainda não venceu duas seguidas em 2024 e ocupa hoje o 250º lugar do ranking. Na próxima fase, enfrenta a ucraniana Dayana Yastremska, 31ª do mundo e semifinalista do Australian Open.

Chave dura para a número 1 do mundo Iga Swiatek
Ainda nesta quinta-feira, a norte-americana Danielle Collins, 56ª do ranking, completou a vitória sobre a russa Erika Andreeva, 98ª colocada, e disputou os dois últimos games da partida para fechar por 7/6 (7-3) e 7/6 (8-6). Collins desafia a número 1 do mundo Iga Swiatek na segunda rodada. Apesar de a polonesa liderar o histórico por 5 a 1 e de não perder da rival há dois anos, o duelo mais recente teve 3h14 de duração no Australian Open deste ano.

No mesmo setor de Swiatek e Collins na chave, a italiana Camila Giorgi bateu a britânica Katie Boulter, campeã de San Diego, por 6/3 e 6/2. Giorgi enfrenta a jovem tcheca de 19 anos Linda Noskova, 29ª do ranking e que eliminou a número 1 do mundo no Grand Slam australiano. O reencontro entre elas pode acontecer na terceira rodada de Indian Wells.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Viviane
Viviane
1 mês atrás

Acho que a Raducanu e Yastremska será um bom jogo. Agora Iga vai ter que batalhar pra chegar longe, talvez nem passe da Collins, que sempre dificulta as coisas.

trackback

[…] conseguiu uma vitória expressiva nesta sexta-feira e já está na terceira rodada da competição. Depois de ter passado pela chinesa Lin Zhu na estreia, a dinamarquesa superou a croata Donna Vekic, 36ª do ranking, por 7/6 (7-5) e 6/3 em […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE