PLACAR

Wild desperdiça três match-points e leva dura virada

Foto: Divulgação/CBT

Adelaide (Austrália) – Não deu para o paranaense Thiago Wild no quali do ATP 250 de Adelaide. Nesta segunda-feira, o número 1 do Brasil e 79 do mundo foi derrotado de virada pelo argentino Facundo Diaz, 95º colocado no ranking, que salvou três match-points no segundo set e venceu de virada, com o placar final de 2/6, 7/6 (8-6) e 7/6 (7-3), em batalha de 2h54.

Wild começou com tudo, anotou duas quebras consecutivas e só não venceu os quatro primeiros games porque teve um break devolvido sacando para fazer 4/1. O paranaense seguiu melhor em quadra e conseguiu bater o saque do rival argentino uma vez mais, no sétimo game. Em seguida, ele confirmou o serviço e fechou o set sem problema.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Na segunda parcial, Diaz equilibrou as coisas e o jogo ficou mais parelho e com chances de quebra apenas em dois games. Wild perdeu dois break-points no terceiro game e depois salvou três no oitavo. Sem conversões dos breaks, a definição foi no desempate, em que o brasileiro chegou a abrir 6-3, perdeu três match-points seguidos e levou a virada.

Após empatar a partida, o argentino largou melhor no terceiro set, adotou quebra no terceiro game e chegou a marcar 4/2. Porém, ele não manteve a vantagem até o fim, vendo Wild buscar a igualdade no oitavo game. Mais um tiebreaks foi disputado e novamente o paranaense largou na frente e teve 2-0 no placar, só que ele somou apenas mais um ponto e amargou a derrota.

Este foi o quarto embate entre o brasileiro e o argentino, que agora estão empatados no retrospecto com dois triunfos para cada lado. Diaz espera o sorteio para saber em que lugar da chave principal irá ficar, já Wild espera o sorteio dos lucky-losers para ver se consegue também se juntar ao algoz.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
6 meses atrás

Incrível a paçocada q o Wild deu nesse Tie Break, inadmissível o cara perder 5 pontos seguidos dessa forma.. até me surpreendi positivamente de ele ter conseguido se manter mentalmente no jogo no terceiro set mas, n apaga a refugada..
Msm q venha a entrar na chave principal como LL, uma derrota dessas tende a deixar uma escara mental importante no perdedor.. difícil crer q avançaria..
Lamentável msm, oq deveria ter sido uma vitória em 2 sets e a confiança voltando às portas de um GS ter virado esse enterro..

Fabricio
Fabricio
6 meses atrás

Wild jogou muito bem, nada a lamentar! Esse diaz acosta é um craque tb, foi um jogo de alto nível !

Fabricio
Fabricio
6 meses atrás

O tal do diaz acosta é tao craque como o wild kkkkk jogasso

Jorge Luiz
Jorge Luiz
6 meses atrás

Incrível

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE