PLACAR

Vitória Miranda, de 16 anos, jogará tênis em cadeira de rodas em RG

Vitória Miranda (Foto: Green Filmes/CBT)

Paris (França) – A mineira de 16 anos Vitória Miranda será a representante brasileira no torneio de tênis em cadeira de rodas em Roland Garros. Pela primeira vez, o Grand Slam parisiense terá uma chave juvenil na modalidade, com quatro jogadoras.

Número 2 do ranking até 18 anos e 76ª colocada entre as profissionais, Miranda estreia contra a norte-americana Maylee Phelps. A outra partida terá a francesa Ksenia Chasteau, líder do ranking, contra a japonesa Yuma Takamuro.

O Brasil tem dois títulos de Grand Slam no tênis em cadeira de rodas, conquistados pela brasiliense Jade Lanai, na chave júnior do US Open em 2022. Já em Paris, o catarinense Ymanitu Silva disputou duas finais de duplas, em 2019 e 2022, na divisão Quad, para jogadores com deficiência em um ou mais membros superiores.

Juvenis se despedem na chave de duplas

Pelo torneio juvenil de Roland Garros, os três brasileiros que atuavam pelas chaves de duplas foram eliminados na estreia nesta segunda-feira. Jogando juntos, o paranaense Gustavo Almeida e o paulista Enzo Kohlmann caíram diante do francês Charlie Camus e do australiano Hayden Jones por 6/4, 3/6 e 10-8. Já a paulista Olívia Carneiro e sua parceira australiana Alana Subasic perderam por 6/0 e 6/4 para a marroquina Malak El Allami e a holandesa Rose Marie Nijkamp.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
trackback

[…] brasileira no torneio de tênis em cadeira de rodas em Roland Garros, a mineira de 16 anos Vitória Miranda estreia na categoria júnior contra a […]

trackback

[…] brasileira no torneio de tênis em cadeira de rodas em Roland Garros, a mineira de 16 anos Vitória Miranda disputou nesta sexta-feira o título de duplas na categoria júnior e ficou com o vice-campeonato. […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE