PLACAR

Van Assche fecha com ex-treinador de Berrettini

Luca Van Assche (Foto: Peter Staples/ATP Tour)

Marselha (França) – Eliminado na primeira rodada do ATP 250 de Marselha após fazer oitavas em Auckland e alcançar a terceira rodada no Australian Open, o jovem francês Luca Van Assche, de 19 anos, terá um novo treinador a partir do próximo sábado, quando começa a disputa do qualificatório do ATP 500 de Roterdã, em piso duro coberto na Holanda.

Trata-se do italiano Vincenzo Santopadre, que trabalhou por 13 anos com Matteo Berrettini e ajudou o compatriota a alcançar os melhores resultados da carreira, como a final de Wimbledon em 2021 e a chegada ao número 6 do ranking. Segundo Van Assche, que ocupa atualmente a 68ª colocação, o técnico chega para complementar sua equipe, que já conta com o francês Yannick Quere.

“Procurava alguém que pudesse trabalhar em colaboração com Yannick. No ano passado, trabalhei também com Maxime Teixeira, que teve outras missões desde setembro. Para o futuro, será complicado para o Yannick estar todas as semanas comigo, e é bom ter o discurso de outra pessoa. Pensei em um perfil, perguntei ao Yannick e ao pessoal da federação, e eles me deram alguns nomes. Fui avançando aos poucos e tomei minha decisão”, revelou o tenista ao L’Équipe.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Para ele, a experiência de Santopadre pode contribuir bastante com os seus próximos passos no circuito. “Vicenzo pode me trazer a experiência que teve com o Berrettini. Ele tem um estado de espírito muito bom, está feliz, é positivo e alguém em quem confiarei. Ele tem habilidades muito boas como treinador e já provou isso”, enfatiza.

Além disso, Van Assche conta que o treinador foi muito bem recebido pelo seu time, mas será Quere quem continuará no cargo principal. “Ele já se dá muito bem com toda a equipe, isso é importante. É bom que ele possa realmente trabalhar com Yannick, que eles não estejam sozinhos. Mal posso esperar para começar. Vincenzo não terá a função de técnico principal, que continua sendo Yannick. Em Roterdã, os dois estarão lá para ele ver como eu trabalho e observar como eu penso em quadra”, finalizou.

Com isso, Luca Van Assche se torna o segundo jovem francês a fechar parceria com um treinador italiano, repetindo o compatriota Gabriel Debru, de 18 anos, que contratou em janeiro Riccardo Piatti, ex-técnico de Jannik Sinner. Além deles, o conterrâneo Arthur Fils, de 19 anos, vem sendo treinado desde o final da temporada passada pelos experientes Sebastien Grosjean e o espanhol Sergi Bruguera.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE