PLACAR

Tsitsipas bate Zverev e se classifica para o ATP Finals

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Paris (França) – Em um jogo bastante equilibrado, o grego Stefanos Tsitsipas foi melhor nos momentos importantes e conseguiu superar o alemão Alexander Zverev em sets diretos nesta quinta-feira, garantindo vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Paris ao anotar parciais de 7/6 (7-2) e 6/4, depois de 1h59 de confronto.

A vitória não apenas coloca Tsitsipas na próxima rodada no Palácio de Bercy, como também assegura sua classificação para o ATP Finals. Seu próximo adversário na competição será o russo Karen Khachanov, que ainda tem chances remotas de ir a Turim, mas que para isso precisa do título nesta semana.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Campeão do torneio francês em 2018, Khachanov teve trabalho para seguir adiante, levou um susto do compatriota Roman Safiullin, que venceu o primeiro set no duelo 100% russo, mas depois não manteve o ritmo e acabou sofrendo a virada com o placar final de 4/6, 6/4 e 6/2, em 2h07 de batalha.

Tsitsipas começou com tudo na partida, anotou quebra no segundo game e salvou dois break-points em seguida para abrir 3/0 no placar. Sacando em 4/1, o grego levou um susto com um mau jeito no joelho, pediu atendimento médico e depois voltou para o jogo sem mostrar sequelas. Ele administrou a vantagem até o final, quando sacou em 5/3, perdeu dois set-points e foi quebrado de volta.

Depois de se salvar e conseguir levar a decisão para o tiebreak, Zverev não foi bem no desempate e só venceu um ponto com o saque. Tsitsipas mostrou maior consistência para marcar 7-2 e assim largar na frente no duelo, fazendo 1 set a 0 sobre o rival germânico.

O segundo set foi parecido com o anterior, principalmente no começo, novamente com o grego obtendo quebra de cara para fazer 2/0. A principal diferença foi que desta vez Zverev não conseguiu reagir e o máximo que fez foi salvar dois match-points com o saque no nono game, para no game seguinte ver Tsitsipas selar a nona vitória em 13 confrontos entre os dois.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE