PLACAR

Tommy Paul acaba com a série invicta de Alcaraz

Toronto (Canadá) – A série invicta de Carlos Alcaraz no circuito chegou ao fim nesta sexta-feira. Depois de ter vencido 14 jogos seugidos, atuando na grama, saibro e piso duro nas últimas semanas, o número 1 do mundo foi eliminado nas quartas de final do Masters 1000 de Toronto. Alcaraz foi superado pelo norte-americano Tommy Paul, 14º do ranking, por 6/2, 4/6 e 6/3 em 2h20 de partida.

Curiosamente foi a segunda vitória de Paul sobre Alcaraz no Canadá. O norte-americano já havia eliminado o espanhol na edição passada do torneio, que foi realizada em Montréal. Aos 26 anos, Paul conseguiu seu oitavo triunfo contra top 10 na carreira e o segundo na temporada. Ele enfrenta na semifinal o vencedor do duelo entre o francês Gael Monfils e o italiano Jannik Sinner.

Já Alcaraz estava sem perder desde a derrota para Novak Djokovic na semifinal de Roland Garros. O jovem espanhol de 20 anos emendou uma sequência de vitórias na grama, com títulos do ATP de Queen’s e também em Wimbledon. Na semana seguinte, fez dois jogos no saibro pela Copa Hopman. Já em Toronto, teve uma boa estreia contra Ben Shelton e precisou de um tiebreak do terceiro contra Hubert Hurkacz.

Alcaraz teve muitas dificuldades com o saque nesta sexta-feira. Ele fez seis duplas faltas, enfrentou 10 break-points e permitiu quatro quebras de serviço a Paul. Já o norte-americano perdeu apenas dois games de saque. O espanhol até fez mais winners, 27 a 19, mas cometeu 30 erros contra 29.

O início de partida não foi bom para Alcaraz, que sofreu três quebras no primeiro set e fez quatro duplas faltas. Paul abriu 5/2, perdeu a chance de sacar para o set, mas voltaria a quebrar no último game da parcial. Alcaraz reagiu na partida no segundo set, que teve apenas uma quebra. O espanhol continuou enfrentando games longos em seu serviço, mas escapou dos 4 break-points que enfrentou e ganhou muita confiança depois de um belíssimo grand-willy que levantou a torcida.

Depois de começar o terceiro set salvando break-point, Tommy Paul passou a confirmar seus games de saque de forma bastante tranquila, colocando 70% de primeiros serviços em quadra. Restou ao norte-americano esperar por suas oportunidades nos momentos de oscilação do espanhol para conseguir a quebra decisiva. Ele abriu 4/2 e sustentou a liderança até o fim. Alcaraz até salvou o primeiro match-point, mas não evitou a derrota na segunda chance do rival.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE