PLACAR

Swiatek e Sabalenka disputam o nº 1 no Canadá

Iga Swiatek precisa chegar pelo menos às quartas para não ter a liderança ameaçada (Foto: BNP Paribas Warsaw Open)

Montréal (Canadá) – A liderança do ranking mundial estará mais uma vez em jogo durante o WTA 1000 de Montréal. A atual número 1 Iga Swiatek tem a posição ameaçada por Aryna Sabalenka na próxima semana. Para se manter no topo, a polonesa precisa chegar ao menos às quartas. Caso contrário, a bielorrussa poderá ultrapassá-la com um título no Canadá.

Swiatek espera a vencedora entre a tcheca Karolina Pliskova e a chinesa Lin Zhu e pode reeditar ainda nas oitavas a final de Roland Garros contra a tcheca Karolina Muchova. No mesmo quadrante da polonesa estão nomes como Beatriz Haddad Maia, Maria Sakkari e Elina Svitolina, que podem enfrentá-la nas quartas.

+ Bia enfrentará Badosa na estreia em Montréal
+ Veja como ficou a chave de Montréal

Do mesmo lado da chave, estão as norte-americanas Coco Gauff e Jessica Pegula. Na estreia, Pegula pode enfrentar a compatriota Bernarda Pera ou a jovem tcheca de 18 anos Linda Noskova. Nomes como Madison Keys, Venus Williams e Donna Vekic podem pintar nas oitavas. Gauff aguarda a estreia da canadense Rebecca Marino contra uma tenista do quali. Depois pode nomes como a campeã de Wimbledon Marketa Vondrousova ou a ex-número 1 Caroline Wozniacki, que volta ao circuito após três anos.

Já Aryna Sabalenka pode enfrentar a croata Petra Martic ou uma jogadora do quali. E tem em seu caminho para as oitavas jogadoras de estilo agressivo como a russa Liudmila Samsonova e a chinesa Qinwen Zheng. No mesmo quadrante estão outras três campeãs do torneio, Petra Kvitova, Belinda Bencic e Bianca Andreescu.

Sabalenka está no mesmo lado da chave que a cazaque Elena Rybakina, número 3 do mundo e vencedora de dois WTA 1000 na temporada, em Indian Wells e Roma. Logo de cara, Rybakina pode enfrentar a letã Jelena Ostapenko, que estreia contra a norte-americana Jennifer Brady. E nas oitavas, as adversárias mais cotadas seriam Victoria Azarenka ou Sloane Stephens. A francesa Caroline Garcia e a russa Daria Kasatkina também estão no quadrante.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE