PLACAR

Stefani e Schuurs justificam favoritismo na estreia

Foto: Internationaux de Strasbourg

Estrasburgo (França) – Sem campanhas relevantes no saibro europeu, a dupla formada por Luísa Stefani e a holandesa Demi Schuurs foi ao WTA 500 de Estrasburgo em busca de ritmo para Roland Garros e, ao menos na primeira partida, deu resultado.

Em duelo de 1h33, as cabeças 2 da semana superaram as russas Diana Shnaider e Vera Zvonareva, com parciais de 6/3 e 7/5. Nas quartas de final, a parceria da brasileira terá pela frente mais uma russa, Alexandra Panova, que faz dueto com a especialista mexicana Giuliana Olmos.

Stefani e Schuurs se juntaram novamente em Madri, mas ganharam apenas a primeira partida, e depois sequer passaram da estreia em Roma, tendo portanto pouca rodagem no saibro europeu até agora.

“Ótima vitória, muito feliz com a maneira como jogamos. Nessa gira de saibro estamos tentando construir e sempre melhorar alguns pontos em nosso jogo. Hoje apresentamos um bom nível, pois nas últimas semanas tivemos bom volume de treinos para usar aqui em Estrasburgo e ter a melhor preparação possível para Roland Garros. Vamos pra cima”, afirmou Luisa.

Depois das quartas de final no Australian Open e do título em Doha, Stefani e Schuurs ainda fizeram quartas em Indian Wells. Depois, caíram na estreia de Miami. Com isso, ocupam no momento o sétimo lugar no ranking da temporada, agora com 1.903 pontos, com chance de subir uma posição de avançarem mais uma rodada em Estrasburgo.

Na partida desta quarta-feira, as russas começaram com quebra e 2/0, mas Stefani e Schuurs reagiram bem. Viraram para 3/2 e aí ganharam três dos quatro games seguintes. A tarefa poderia ser simplificada quando abriram 2/0 no segundo set, mas cederam o empate no quarto game, o que novamente se repetiria no sétimo game. Depois de perderem duas chances de quebra com 4/4, a dupla da brasileira quebrou e fechou com firmeza.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Blumenau
Blumenau
27 dias atrás

Não confio muito nesta dupla, não tem sprint.

Paulo Mala
Paulo Mala
27 dias atrás
Responder para  Blumenau

Também acho. Precisa trocar de parceira tão logo for possível ter alguma boa opção livre

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
27 dias atrás

PArabéns, merecem … vqv

Adaeberto
Adaeberto
26 dias atrás

Duas vencedoras com outras parceiras e portanto excelente dupla!
Não esqueçam que elas foram CAMPEÃS no WTA 1000 de Doha, agora, em 2024!
Não entendi a crítica… ela são obrigada a serem campeãs em todos os torneios??
Afff…
VQV LUISA!

Última edição 26 dias atrás by Adaeberto

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE