PLACAR

Stefani celebra vaga nas quartas e destaca a torcida

Foto: Jimmie48/WTA

Nova York (EUA) – Classificada para as quartas de final do US Open pela terceira vez na carreira, Luísa Stefani mantém a escrita de nunca ter perdido antes dessa fase em Nova York. Jogando este ano ao lado da norte-americana Jennifer Brady, ela também destacou o apoio da torcida durante a primeira semana em Nova York.

“Super feliz de voltar às quartas do US Open, ainda mais com a Brady. Tivemos uma torcida muito boa com brasileiros e americanos e baita atmosfera”, disse Stefani, que tambe´m chegou às quartas em 2020 com a norte-americana Hayley Carter e foi semifinalista de 2021 ao lado da canadense Gabriela Dabrowski.

Stefani e Brady venceram neste domingo a alemã Tatjana Maria e a holandesa Arantxa Rus por 6/3, 3/6 e 6/3, em partida com 1h50 de duração. Foi a segunda partida seguida em três sets. No sábado, elas ficaram em quadra por 2h45 contra as russas Veronika Kudermetova e Liudmila Samsonova. “Jogo duro de novo. No geral foi uma ótima jogo, em condições diferentes. Hoje estava mais quente. Ontem, quando o sol baixou, a bola ficou mais pesada e jogo um pouco mais lento”, avaliou a paulistana de 26 anos.

“No primeiro set sacamos muito bem e conseguimos uma quebra importante. No segundo, foi só uma quebra também, mas tivemos algumas chances que não conseguimos converter no saque delas. Então foi importante começar o terceiro set com quebra acima e uma boa margem. Agora é descansar um dia e esperar as adversárias”, complementou a atual 14ª do ranking.

As próximas adversárias de Stefani e Brady podem ser a polonesa Magda Linette e a canhota norte-americana Bernarda Pera ou uma dupla da casa, formada por Sophie Chang e Alycia Parks.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE