PLACAR

Só Borg supera Alcaraz em Slam com menos de 21

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – A precocidade de Carlos Alcaraz chama a atenção pelos diversos números que já alcançou com tão pouca idade, tanto que sempre é comparado com grandes lendas do tênis mundial neste assunto. Número 1 mais jovem da história da ATP, o espanhol se tornou agora o segundo jogador com menos de 21 anos com melhor aproveitamento em Grand Slam.

Somente o sueco Bjorn Borg, que venceu 84,4% de suas partidas em Grand Slam como menos de 21 anos, está à frente de Alcaraz. Com o triunfo conquistado na noite de quarta-feira, batendo o alemão Alexander Zverev em sets diretos, o espanhol alcançou um aproveitamento de 83,7%, deixando para trás o sueco Mats Wilander (83,6%).

Recordista de títulos de Grand Slam, o sérvio Novak Djokovic sequer aparece neste top 5 de precocidade, que é completado pelo espanhol Rafael Nadal (4º), com um aproveitamento de 82,5% nos quatro principais torneios do circuito antes dos 21 anos de idade, e pelo alemão Bori Becker (5º), com aproveitamento de 79,4%.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE