PLACAR

Sinner vence a 9ª seguida e bate recorde italiano em Wimbledon

Foto: Simon Bruty/AELTC

Londres (Inglaterra) – O italiano Jannik Sinner segue imbatível na temporada de grama. Após a conquista do ATP 500 de Halle, ele garantiu vaga nas quartas de final de Wimbledon com sua nona vitória seguida. Neste domingo, o número 1 do mundo teve pela frente o norte-americano Ben Shelton, que não foi páreo e acabou superado em sets diretos, com parciais de 6/2, 6/4 e 7/6 (11-9), após 2h08 de partida.

Ao alcançar pela terceira vez as quartas no All England Club, o atual líder do ranking se tornou o italiano que mais vezes conseguiu este feito no torneio. Em Grand Slam, será a oitava vez que ele chega tão longe, se isolando na segunda colocação entre seus compatriotas, ficando atrás apenas de Nicola Pietrangeli com 10.

O próximo rival no caminho de Sinner sairá do jogão entre Daniil Medvedev e Grigor Dimitrov, que fecha o dia na Quadra 1. O italiano leva a pior no retrospecto com o russo, com cinco vitórias e seis derrotas, mas tem vantagem no histórico com o búlgaro, somando quatro triunfos em cinco encontros

Esta foi a 13ª vitória de Sinner em Wimbledon, que é apenas o terceiro Grand Slam em que ele tem mais vitórias, embora seja aquele em que mais vezes chegou às quartas de final. Caso o compatriota Lorenzo Musetti, que enfrentará o francês Giovanni Perricard na segunda-feira, também avance, será a primeira vez na história que dois italianos chegam juntos na antepenúltima rodada no All England Club.

Consistência coloca Sinner no caminho da vitória

No quarto duelo com Shelton, o primeiro em Slam e também na grama, o número 1 do mundo ampliou a vantagem no histórico e anotou sua terceira vitória, a segunda na temporada, repetindo o resultado que obteve em Indian Wells, também nas oitavas. Apesar dos 15 aces do norte-americano, foi Sinner que teve melhor desempenho com o saque, vencendo 74% dos pontos contra 61% do rival.

A diferença de aproveitamento nos games de serviço foi bem grande no primeiro set, em que Shelton só não foi ameaçado no primeiro game, para depois salvar um break-point no terceiro e amargar quebras no quinto e no sétimo. Do outro lado, Sinner foi muito firme, não deu brechas para o oponente e confirmou sem sustos os seus games, fazendo 6/2 para marcar 1 a 0 no placar.

Shelton dá susto no 3º set, mas acaba eliminado

Depois de vencer cinco games seguidos para levar a primeira parcial, o italiano faturou mais dois na segunda e chegou a sete no total ao marcar 2/0. Ele manteve a solidez de antes e administrou com firmeza a vantagem obtida no começo, novamente não cedeu um break-point sequer para o norte-americano, e se manteve à frente até o final.

Shelton tentou reagir no quarto set, largou com uma quebra logo de cara para vencer os três primeiros games, mas no sétimo viu Sinner devolver o break. O canhoto norte-americano teve um set-point no 12º, com a devolução, mas não conseguiu converter. A definição foi para o tiebreak, em que o italiano salvou mais três set-points e fechou no segundo match-point que teve a seu favor.

Subscribe
Notificar
guest
8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
5 dias atrás

O italiano tá uma máquina! O cara não erra absolutamente nada! Nível assustador!!!

Israel
Israel
5 dias atrás

Perdi a conta de quantas vezes o locutor da ESPN se referiu a Sinner como o número 1 do mundo. Acredito que mais de 428 vezes, que é o número de semanas que Djokovic esteve na primeira posição. Gozado, quando o Djoko era número 1 (428 semanas, recorde absoluto entre homens e mulheres no tour), eles não falavam sobre isso.

CARLOS ALBERTO RIBEIRO DA SILV
CARLOS ALBERTO RIBEIRO DA SILV
5 dias atrás
Responder para  Israel

Sem problemas. O que importa é a marca registrada na história. O tempo trata de dar o devido reconhecimento a quem faz por merecer.

Vagner Paiva
Vagner Paiva
5 dias atrás
Responder para  Israel

Eles ficam por conta quando Nole está na ponta!

Jose
Jose
5 dias atrás

Sinner na minha opinião e um jogador completo e com muitos recursos

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
5 dias atrás
Responder para  Jose

Não tenha dúvidas, meu caro. Muitos falaram que era a chave mais difícil, eu cravei que era o único garantido na Semi . Acho difícil que isto não aconteça. Abs!

Refaelov
Refaelov
5 dias atrás

Olha, diametralmente o oposto do saibro, eu acredito q a grama é o piso que trará mais vantagens ao Sinner num confrontamento direto com o Alcaraz(a ver nessas prováveis SF)..

E eu realmente n apostaria no Musseti contra o garotao servebot francês..

Andre
Andre
5 dias atrás

Mais um americano arrogante indo para o ralo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE