PLACAR

Sinner domina duelo com Gasquet e segue firme

Foto: Corinne Dubreuil/FFT

Paris (França) – Em seu segundo jogo em Roland Garros, Jannik Sinner conseguiu mais uma vitória em sets diretos. Depois de ter passado pelo norte-americano Christopher Eubanks na estreia, o atual número 2 do mundo venceu nesta quarta-feira o francês Richard Gasquet, ex-top 10 e atual 124º do ranking aos 37 anos, por 6/4, 6/2 e 6/4 em 2h15 de partida.

Com apenas 22 anos e atual campeão do Australian Open, Sinner já faz sua quinta participação na chave principal de Roland Garros. E a melhor campanha foi justamente no ano de estreia, em 2020, quando chegou às quartas. Seu próximo adversário virá da partida entre o suíço Stan Wawrinka e o russo Pavel Kotov.

As duas vitórias tranquilas na capital francesa também dão confiança ao italiano depois de ter sofrido com uma lesão no quadril, que o fez se retirar do Masters 1000 de Madri nas quartas e nem jogar em Roma. Ele afirmou depois de sua partida de estreia que o quadril já está bom e que o principal desafio agora é retomar o ritmo de jogo, já que ficou três semanas sem pegar na raquete.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Sinner disputa a liderança do ranking com Novak Djokovic durante Roland Garros. Se ele for finalista em Paris, chegará ao número 1 independentemente dos resultados do sérvio na competição. E se o italiano chegar à semi, obriga Djokovic a conquistar o título. Ele também ultrapassa o rival se o tricampeão em Paris não chegar à final este ano.

Sinner disparou oito aces e só enfrentou dois break-points

Com ótimo desempenho no saque, Sinner disparou oito aces na partida desta quarta-feira e só enfrentou dois break-points, com uma única quebra sofrida, já no terceiro set. Com seu jogo agressivo e de muita potência nos golpes, o italiano também conseguia se impor contra o experiente rival, conhecido pelo backhand de uma mão.

O italiano conseguiu a única quebra da primeira parcial para fazer 4/3 e ainda teve dois set-points quando vencia por 5/3, mas só conseguiu fechar no game seguinte. Logo na abertura do segundo set, Sinner voltou a quebrar e cedeu apenas três pontos em seus games de serviço na parcial para ampliar a vantagem no placar, com uma nova quebra no fim do set.

Cada vez mais confortável em quadra Philippe Chatrier, Sinner já abriu 2/0 no terceiro set. E embora tenha permitido o empate, voltou a quebrar na sequência e seguiu colocando muita pressão sobre os games de serviço de Gasquet. E ainda que o francês tenha conseguido manter o saque, não foi possível buscar a reação na partida.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
21 dias atrás

Gosto muito do Richard. Espero ver ele em quadra ainda com 37 anos

Rogério Frederico
Rogério Frederico
21 dias atrás

Gasquet é um jogadorzaço… mas teve azar em ser contemporâneo dos fenômenos Federer e Nadal

Ricardo
Ricardo
21 dias atrás

Sinner sentiu o quadril. Depois da fisgada bem pontuada pelo narrador, ele ficou com expressão preocupada e andando bem devagar nos intervalos, principalmente do saque.

Flávio
Flávio
21 dias atrás

Não foi surpresa, pois o Sinner era muito favorito é uma pena que o Warinka caiu porque seria um duelo interessante na próxima fase.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE