PLACAR

Sinner anuncia desistência do Masters 1000 de Roma

Foto: ATP Tour

Roma (Itália) – Conforme já era esperado, Jannik Sinner confirmou neste sábado que não disputará o Masters 1000 de Roma. O italiano vem sofrendo com dores no quadril desde pelo menos a terceira rodada do torneio de Madri, na última segunda-feira, teve o problema agravado e precisou se retirar da competição no saibro espanhol. Agora, sem tempo hábil para recuperação e visando a participação em Roland Garros, o número 2 do mundo abre mão de disputar a principal competição da temporada em seu país natal.

Nas redes sociais, Sinner lamentou o ocorrido, mas disse que irá ao Foro Italico nos próximos dias mesmo sem poder jogar. Em seu lugar, entrará o francês Arthur Rinderknech, de 28 anos e atual 77º colocado no ranking da ATP. O próximo na lista de espera é o colombiano Daniel Galán, 89º do mundo.

“Não é fácil escrever esta mensagem, mas depois de falar novamente com os médicos e especialistas sobre os meus problemas no quadril, devo anunciar que infelizmente não poderei jogar em Roma. Obviamente estou muito triste por não ter recuperado, sendo este um dos meus torneios favoritos. Não via a hora de voltar e jogar em casa diante da torcida italiana. Ainda irei passar alguns dias em Roma e passarei pelo Foro Italico. Obrigado pelas mensagens de apoio. Agora vou trabalhar com minha equipe e médicos para estar pronto para Roland Garros”, escreveu o tenista de 22 anos.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Torneio perde mais uma atração

Com a ausência de Jannik Sinner, o Masters 1000 de Roma tem seu segundo grande desfalque para esta edição, depois de Carlos Alcaraz anunciar no dia anterior que também não irá à capital italiana devido ao agravamento de sua lesão no antebraço após a disputa em Madri. Outro jogador que pode não ir ao Foro Italico é o atual campeão Daniil Medvedev, que sentiu um problema na virilha também no saibro espanhol e tem sua participação em risco.

Diferentemente do russo, que defende o título do ano passado, Sinner e Alcaraz não têm muitos pontos a perder em Roma. Enquanto o italiano parou nas oitavas de final, o espanhol não passou da terceira rodada em 2023. Caso os três reúnam condições de jogar em Roland Garros, já é certo que Sinner será o cabeça 2 do torneio, Alcaraz o terceiro favorito e Medvedev o quarto pré-inscrito. Por sua vez, Novak Djokovic tem garantido o posto de principal cabeça de chave no saibro parisiense.

23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Elias Aguiar
Elias Aguiar
15 dias atrás

Sinner vinha de uma sequência extensa de jogos. O tênis atual é muito físico. Uma hora o corpo não suporta.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  Elias Aguiar

Era muito mais físico antes com Djoko, Nadal e Murray trocando 50 bolas. Esses caras atuais que não têm boa preparação ou a genética é desfavorável mesmo.

O sérvio jogou todos os Masters 1000 em 2018 com 30/31 anos.

Paulo Mala
Paulo Mala
15 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Só que são estilos diferentes. O Djoko dosa mais. Alacaraz e Sinner jogam com mais intensidade e agressividade o tempo todo.
E Nadal e murray não são bons parâmetros. A conta do físico chegou para os dois.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Chegou depois dos 30 pros dois e pro espanhol aos 36.

É bom eles aprenderem a dosar, senão terão carreiras curtas.

Paulo Mala
Paulo Mala
15 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Nada a ver sua argumentacao de que pro nadal so aos 36 anos. O Nadal tem problemas físicos desde muito cedo, desde o início no profissional, quase todo ano… Ele sempre foi cobrado pelo esforço físico… A única coisa estranha é que essas lesões nunca eram na hora do saibro.

André Borges
André Borges
15 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

O fato de Nadal e Djoko jogarem maratenis correndo atras das bolase dando balão ate achar um contraataque não siginifca exatamente que o jogo seja físico. Hoje o jogo além de ser força e agilidade de pernas é muita potencia de golpes e muito mais intenso. Alguns anos atrás a potência de um Del Potro era um fenônemo, hoje se vc nao tiver aquilo de começo você nao chega em lugar nenhum. Não é a toa que ele proprio vivia arrebentado.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  André Borges

Correr e se defender absurdamente não significa abusat do físico? Minha nossa…

Bater forte também é físico, assim como a agilidade de pernas, mas não é tudo.

Não se chega a lugar nenhum? Djoko ganhou 3 Slams, fez final de outro, ganhou 2 Masters e 1 Finals em 2023 sem precisar espancar a bolinha. O talento venceu.

Beto_poa
Beto_poa
15 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

você fala como se esses 3 nunca desistiram de torneios por contusão mesmo antes dos 30.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  Beto_poa

Não, é só impressão sua. É claro que tiveram, mas esses dois se machucam demais pra idade que têm.

Paulo Lude
Paulo Lude
15 dias atrás
Responder para  Elias Aguiar

O calendário do Sinner até que tem sido suave, jogou apenas seis torneis nos primeiros quatro meses do ano. Mas foram muitas partidas, pois, antes da desistência nas quartas de final em Madrid, Sinner chegou a três finais e duas semis.
Alguns tenistas (Ruud, Hurkacz e de Minaur) até disputaram mais partidas do que Sinner no ano, mas talvez estes tenham um estilo de jogo um pouco menos exigente fisicamente.

Fernando
Fernando
15 dias atrás

A nova geração não consegue se igualar à extinta Big 3 (Federer, Nadal e Djokovic) no quesito preparo físico.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás

O GOAT Djoko é o favorito para o hepta em Roma. Joga demais no Foro Italico.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
15 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Sem Alcaraz ( atual Bicampeão) e SInner , obvio que o ” goat ” eliminado precocemente nos últimos 5 Torneios é o favorito… rs . Abs!

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Precocemente em semifinais e quartas?

O atual campeão é o Medvedev, que tem mais canecos de Roma do que o Terceirão.

Rsrs, abs!

Walter
Walter
15 dias atrás

O corpo humano não aguenta a exigência física do esporte de altíssimo rendimento

natanael
natanael
15 dias atrás

graça nenhuma vai ter essa edição de Roma…

Fábio S
Fábio S
15 dias atrás

GOAT = Roger Federer

Paulo Mala
Paulo Mala
15 dias atrás
Responder para  Fábio S

Sim, quem entende tenis sabe.

Piter Oliveira
Piter Oliveira
12 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Quem entende mesmo, sabe que ele não é!

Paulo Almeida
Paulo Almeida
15 dias atrás
Responder para  Fábio S

Sim, da simpatia e da magia.

Davi Poiani
Davi Poiani
15 dias atrás

Caramba, que pena. Dois grandes jogadores fora de Roma. Ainda bem que teremos Djokovic e Nadal jogando no Foro Itálico.

Definitivamente o condicionamento físico destes caras mais jovens ainda não chegou no auge que o Big 3 alcancou em seus tempos áureos.

João
João
15 dias atrás

Sinner e Alcaraz já faltando gasolina no meio da temporada e o Djoko cheio de gás vem babando pra lamber Roma e RG. Nada de novo.

Lee
Lee
15 dias atrás

Estamos quase na metade do ano e ninguém ainda conseguiu tirar o número 1 do Djokovic que deixou de participar de vários torneios. E em Roma sem Alcaraz Djokovic é favorito ao título.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE