PLACAR

Shnaider supera Vekic e conquista o título de Bad Homburg

Diana Shnaider (Foto: Bad Homburg Open)

Bad Homburg (Alemanha) – Com apenas 20 anos de idade, Diana Shnaider segue a tradição russa e já está brilhando no circuito. Neste sábado, ela conquistou o segundo título de sua curta carreira, levantando a taça no WTA 500 de Bad Homburg. Na final, a atual 47 do mundo derrotou a croata Donna Vekic por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3, depois de 2h12 de jogo.

Esta foi a primeira conquista de Shanider no nível WTA 500 e a segunda da temporada, conquistando o primeiro em Hua Hin em fevereiro. A russa é agora a sexta jogadora a ganhar mais de um título de simples na temporada deste ano e a mais nova de uma seleta lista que tem Iga Swiatek (5 títulos), Elena Rybakina, Jelena Ostapenko (3 títulos), Danielle Collins e Katie Boulter (2 títulos).

Shnaider subirá para a 30ª posição no próximo ranking da WTA, após uma semana em que derrotou nomes como ex-número 1 do mundo Angelique Kerber, a ucraniana Dayana Yastremska, a ex-número 2 do mundo Paula Badosa e a cabeça de chave número 3 do torneio Emma Navarro. Um ano atrás, ela mal estava no top 100, ocupando apenas a 98ª colocação.

“Foi uma semana incrível para mim, consegui jogar uma das melhores semanas da minha vida, então espero continuar assim”, comemorou Shnaider, que mostrou força nos pontos importantes. A jovem tenista converteu quatro de suas seis chances de quebra e salvou 10 dos 13 break-points que enfrentou no decorrer da partida.

A russa saiu na frente e levou o primeiro set com uma quebra solitária no quarto game, salvando dois break-points no sétimo e sete no nono. Vekic reagiu rápido e começou abrindo 3/0 na segunda parcial, para anotar nova quebra e fechar por 6/2. No terceiro e decisivo set, Shnaider arrancou no final, saindo de 2/3 para vencer quatro games seguidos, com duas quebras sobre a croata para fechar o jogo.

 

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João
João
16 dias atrás

Assisti ela jogar um 125 no saibro, antes de RG, que ela venceu a Navarro na final, e fiquei encantado com o tênis agressivo dela. Vai longe, pelo visto.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE