PLACAR

Shevchenko elimina Rune e desafia Dimitrov nas quartas

Alexander Shevchenko (Foto: ABN AMRO Open)

Roterdã (Holanda) – No segundo encontro entre Alexander Shevchenko e Holger na temporada, foi o cazaque quem levou a melhor desta vez. Depois de ser eliminado pelo dinamarquês número 7 do mundo nas oitavas de final em Brisbane, o atual 57º do ranking deu o troco nesta quinta-feira ao vencer por 6/4, 1/6 e 6/3, em 1h37 de jogo, e se garantiu nas quartas do ATP 500 de Roterdã.

Esta foi a quarta derrota em 12 jogos de Rune em 2024. Depois do vice-campeonato em Brisbane, o jovem de 20 anos caiu na segunda rodada do Australian Open e parou na semifinal do ATP 250 de Montpellier, após desistir do duelo diante do croata Borna Coric com um problema no braço direito quando perdia pelo placar de 6/3 e 4/1.

Cabeça de chave número 3 do torneio, o dinamarquês iguala a campanha da temporada passada no piso duro coberto holandês. Em 2023, ele foi eliminado nas oitavas pelo local Gijs Brouwer também com uma desistência, devido a dores no punho direito. Com a nova queda, ele tem o sétimo lugar do ranking ameaçado pelo polonês Hubert Hurkacz, que está a apenas 100 pontos atrás.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já Alexander Shevchenko vem vivendo o melhor momento da carreira nos últimos 12 meses. Depois de iniciar 2023 na modesta 154ª colocação, o cazaque alcançou sua primeira final de ATP em Metz e terminou a temporada no top 50. Diante de Rune, conseguiu a segunda vitória da carreira diante de um top 10 e igualou sua melhor campanha da temporada, depois de ter feito quartas em Montpellier.

Dimitrov será seu próximo adversário
Nas quartas de final, Shevchenko terá pela frente um confronto inédito contra o búlgaro Grigor Dimitrov, finalista do torneio em 2018 e que passou em sets diretos pelo húngaro Marton Fucsovic, anotando as parciais de 6/3 e 7/5 em 1h29.

Sexto principal favorito da chave, o ex-top 3 e atual 13º colocado do ranking defende as semifinais do ano passado e tenta ser o primeiro jogador a conquistar dois títulos no ano, depois de levantar o troféu em Brisbane. Ao lado de Hubert Hurkacz, Dimitrov é ainda o jogador que mais venceu jogos na ATP em 2024, com 11 triunfos.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Evandro
Evandro
2 meses atrás

País bom no tênis, mesmo, é a Rússia. Tem pra encher os rankings de nacionais, e ainda exportar um bocado para os outros (bem) mais fracos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE