PLACAR

Shelton brilha e conquista seu primeiro título na ATP

Foto: Hiroshi Sato/Japan Open Tennis

Tóquio (Japão) – A grande semana do norte-americano Ben Shelton no ATP 500 de Tóquio não poderia terminar melhor. Neste domingo, ele venceu a primeira final que disputou no circuito, batendo o russo Aslan Karatsev em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/1, em partida de 1h22 de duração, na qual anotou quatro quebras sobre o rival e terminou sem perder o saque uma vez sequer.

“Significa muito para mim e minha equipe. Trabalhamos muito desde o início para construir meu jogo e ganhar títulos na ATP. Você olha para os grandes campeões e eles jogam até o final da semana, conseguindo manter o nível ao longo do torneio. Não estou dizendo que já cheguei lá, mas posso fazer isso por uma semana, com cinco partidas seguidas boas em Tóquio, é realmente especial”, comemorou.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O norte-americano é o sexto nesta temporada a conquistar seu primeiro título no circuito e o primeiro desde o italiano Lorenzo Musetti, em Hamburgo em 2022, a fazer isso em um ATP 500. Shelton alcançará o 15º lugar no ranking da próxima segunda-feira, tendo começado a temporada na 96ª posição. Ele também vai levar para casa uma premiação de US$ 347.390.

“Estou realmente ansioso por este final do ano. Acho que é uma grande oportunidade para mim. No início da temporada eu estava perdendo cedo, minha contagem de jogos não estava tão alta, então estou me sentindo revigorado. Estou ansioso para terminar a temporada forte”, destacou Shelton, que ainda pode sonhar com o ATP Finals.

A conquista na capital japonesa o levou para o 14º lugar na corrida da temporada, ficando a exatos 835 pontos da zona de classificação. Na próxima semana ele joga o ATP 500 de Viena, onde tem uma estreia complicada contra o italiano Jannik Sinner, cabeça de chave 2 do torneio.

Shelton é o mais jovem campeão de Tóquio desde Lleyton Hewitt em 2001. Ele se junta ao pai Bryan Shelton como campeão na ATP, tornando-se a quarta dupla de pai e filho a ganhar títulos de simples no circuito desde a Era Aberta.

Na final deste domingo contra Karatsev, o norte-americano não deu chances ao rival, venceu 78% dos pontos de saque, três deles em aces, e só enfrentou um break-point, que foi salvo logo no segundo game da partida. Ele levou o primeiro set com uma quebra no 11º e penúltimo game e venceu o segundo faturando seis games seguidos, com três quebras consecutivas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE