PLACAR

Sete brasileiros chegam às quartas do Tennis Classic de Belém

Lorenzo Esquici (Foto: João Pires)

Belém (PA) – Sete jogadores brasileiros estão nas quartas de final da etapa de Belém do Brasil Tennis Classic, disputado nas quadras de piso duro da Assembleia Paraense. Com 22 atletas nacionais na chave principal, o que realmente é raro de acontecer, o torneio tem sido um verdadeiro trampolim para muitos deles. Os benefícios de jogar em casa são claros: custos reduzidos, apoio da torcida local e premiação em dólar. As quartas de final rendem 2 pontos, semifinais 4, vice-campeonato 8 e o título, 15 pontos.

Principal cabeça de chave, Pedro Sakamoto venceu um duelo nacional contra Lucca Pinto por duplo 6/0 nesta quinta-feira. O experiente paulista de 31 anos e 328º do ranking enfrenta Rafael Tosetto, que derrotou o venezuelano Brandon Perez por 6/1 e 6/4.

Do mesmo lado da chave, avançou o pernambucano José Pereira. O cabeça 3 do torneio venceu o carioca de 18 anos Nicolas Oliveira, que se profissionalizou no início da temporada, com parciais de 6/3, 6/7 (5-7) e 6/2. Seu próximo rival é o paulista Igor Gimenez, cabeça 5, que passou pelo equatoriano Marcos Baratau por 6/1 e 6/2.

Do outro lado da chave, o mato-grossense Lorenzo Esquici eliminou o gaúcho Eduardo Ribeiro, cabeça 4 do torneio, por 6/3, 2/6 e 6/0. Ele enfrenta o catarinense Mateo Reyes, sexto cabeça de chave, que derrotou Laelson Rodrigues por 6/1 e 6/4.

Já o paulista Lucas Andrade da Silva, que está atualmente jogando tênis universitário nos Estados Unidos, aproveitou as férias no Brasil para conseguir dois bons resultados. Ele já havia derrotado o argentino Guido Justo, cabeça 2 do torneio, na estreia. E nesta quinta-feira bateu o também argentino Benjamin Alarcon por 7/5 e 6/2. Seu próximo rival é o norte-americano Alexander Stater, algoz do convidado paraense Eduardo Lima por 6/0 e 6/2.

As quartas de final de simples e as semifinais de duplas começam às 16 horas desta sexta-feira. No sábado, as semifinais de simples serão às 10 horas, com a final de duplas às 15 horas. No domingo, a grande final de simples está marcada para as 10 horas da manhã.

A entrada para o torneio é gratuita, mediante resgate de ingressos no site Appticket.com.br.

O Ano V Brasil Tennis Classic, em Belém, é apresentado pelo Santander, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte. Esta segunda edição conta com o copatrocínio de Santos Brasil, VIVO, EMS Farmacêutica, Zurich Santander Seguros e Previdência Brasil, Alupar, Taesa, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Stella Artois Pure Gold, INNI Tournament – Bola Oficial, Aberje. Apoio de AppTicket e Federação Paraense de Tênis. Realização: Instituto Sports.

O evento acontece na Assembleia Paraense e integra o calendário mundial ITF World Tennis Tour – Masculino.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
10 dias atrás

Parabéns aos Brasileiros.

ITF no Brasil é a solução para encaixar mais jogadores Brasileiros no ranking ATP. E de mante-los em atividades.

Hoje só tem 50 jogadores Brasileiros ranqueados no Ranking ATP de Simples. Mas muitos deles não estão tendo oportunidades de crescimento no ranking, devido falta de Torneios no Brasil.
Está semana Sell está jogando no ITF nos EUA, M. Alves está jogando no ITF na Alemanha. Mas com outros jogadores com baixa pontuação não conseguem ter o mesmo aproveitamento.

CBT tem que trabalhar mais, e mostrar evolução.

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
10 dias atrás

Eduardo Lima vai estrear no ranking, Lucca Pinto também está retornando ao ranking. Lucas Andrade ( 2005 ) está entrando no ranking e já conquista sua 1º quartas na carreira. Sakamoto fará sua 4º quartas de final no ano, a 2º em ITF, e enfrentará o Rafael Tosetto, em sua 2º quartas de final no ano. José Pereira fará sua 3º quartas de final no ano, a 2º em ITF, e enfrentará o paulista Igor Gimenez, que fará sua 3º quartas de final de ITF no ano. Já Mateo Reyes fará sua 4º quartas de final de ITF este ano contra o mato-grossense Lorenzo Esquici, em sua 1º quartas de final do ano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE