PLACAR

Sakkari vence 6ª seguida e pega Garcia nas quartas

Foto: Toray PPO Tennis

Tóquio (Japão) – Campeã em Guadalajara no último fim de semana, a grega Maria Sakkari manteve o embalo em sua estreia no WTA 500 de Tóquio, entrando direto na segunda rodada, e venceu a sexta seguida. Nesta quinta-feira, ela derrotou a tenista da casa Misaki Doi, que veio do quali e foi superada com parciais de 6/3 e 6/1, em apenas 65 minutos.

Sakkari dominou a japonesa, venceu 79% dos pontos de saque e 51% com a devolução. Sem enfrentar break-points contra, ela teve seis chances de quebra a seu favor e conseguiu converter quatro, dois em cada parcial. Cabeça de chave número 4, ela se garantiu nas quartas de final e agora enfrentará a francesa Caroline Garcia, quinta pré-classificada.

Também estreando direto na segunda rodada, ganhando ‘bye’ por ter feito semi em Guadalajara, o que irritou a cazaque Elena Rybakina, a francesa não teve grande dificuldade e bateu a ucraniana Anhelina Kalinina com parciais de 6/4 e 6/3. Garcia tentará devolver a derrota sofrida contra Sakkari na semana passada e voltar a vencer, depois de ter batido a grega nos três primeiros encontros e perdido os dois últimos.

Outra favorita que também seguiu adiante no torneio japonês foi a russa Daria Kasatkina, mais uma que triunfou em sets diretos, derrotando a grega Despina Papamichail, que veio do qualificatório, com duplo 6/4. Sexta mais bem cotada ao título, ela terá pela frente nas quartas de final a norte-americana Jessica Pegula, cabeça de chave 2, que a venceu na única vez que se cruzaram, no saibro de Roma em 2021.

Fechando a lista de vitoriosas nesta quinta-feira foi a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que precisou de três sets para derrubar a jovem tcheca Linda Noskova, gastando 2h10 para marcar parciais de 6/3, 4/6 e 6/0. Sua próxima adversária será a compatriota Ekaterina Alexandrova, que até então só enfrentou russas, batendo Anna Kalinskaya e a sétima favorita Liudmila Samsonova, atual campeã do torneio.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE