PLACAR

Sakkari e Muchova duelam, Zheng elimina Venus e desafia Iga

Foto: Jimmie48/WTA

Cincinnati (EUA) – Depois de ter conseguido uma vitória bastante expressiva em sua estreia no WTA 1000 de Cincinnati, Venus Williams se despediu na segunda rodada. Convidada para o torneio, a veterana de 43 anos e ex-número 1 do mundo foi eliminada pela chinesa Qinwen Zheng, 24ª do ranking, com parciais de 1/6, 6/2 e 6/1 em 1h56 de partida.

“Foi muito especial jogar contra ela hoje. Eu me lembro de assisti-la pela TV quando era criança”, disse Zheng, de apenas 20 anos, durante sua entrevista em quadra. “No começo eu estava um pouco nervosa e não conseguia jogar da maneira como eu gostaria. Mas depois eu tentei falar comigo mesma para manter a calma e não pensar que ela é a Venus Williams”.

A partida começou com amplo domínio de Venus, que conseguiu duas quebras no primeiro set. A norte-americana também saiu vencendo por 2/0 na segunda parcial. Mas aos poucos, Zheng conseguiu se recompor mentalmente e passou controlar as ações, especialmente nos ralis de fundo. A chinesa chegou a vencer 11 games seguidos antes que a norte-americana voltasse a confirmar o serviço. Zheng fez o dobro de winners de Venus, 16 a 8, e cometeu 27 erros contra 41 da rival.

“Tenho tentado melhorar minha preparação mental, porque quando você entra em quadra não é apenas o tênis que importa. A mente precisa acompanhar”, acrescentou a jovem chinesa, que recentemente conquistou seu primeiro WTA em Palermo. Ela agora desafia a líder do ranking, Iga Swiatek. A polonesa lidera o histórico por 3 a 0.

Rodada de jogos longos em Cincinnati
A tarde desta quarta-feira foi marcada por jogos longos e definidos em três sets. A número 8 do mundo Maria Sakkari precisou de 2h20 para vencer a romena Sorana Cirstea por 2/6, 6/3 e 7/5. Foi a primeira vitória da grega em três jogos contra Cirstea no circuito.

Sakkari enfrenta nas oitavas a tcheca Karolina Muchova, 17ª do ranking e finalista de Roland Garros. Algoz de Beatriz Haddad Maia na rodada de estreia, Muchova venceu a croata Petra Martic, 36ª colocada, por 6/3, 3/6 e 6/3. A tcheca lidera o histórico contra Sakkari por 3 a 1, com direito a uma vitória este ano em Roland Garros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE