PLACAR

Sabalenka tem estreia tranquila e avança à segunda fase

Foto: FFT

Paris (França) – Semifinalista no ano passado e uma das principais candidatas ao título em 2024, a bielorrussa Aryna Sabalenka iniciou muito bem sua campanha em Roland Garros. No terceiro jogo da Philippe Chatrier nesta terça-feira, a número 2 do mundo precisou de apenas 68 minutos para superar a russa Erika Andreeva, 100ª colocada no ranking, pelo placar de 6/1 e 6/2.

Com o triunfo, Sabalenka chega à oitava vitória consecutiva em Grand Slam, depois de alcançar o bicampeonato do Australian Open em janeiro. Seu retrospecto recente nos principais torneios do circuito é espetacular, tendo alcançado pelo menos a semifinal nos últimos seis Slam.

Sua próxima adversária em Paris sairá da partida entre a espanhola Irene Escorihuela, apenas a 302ª na WTA, e a top 80 japonesa Moyuka Uchijima. Em ambos os casos o duelo será inédito no circuito. Já Andreeva, de 19 anos e irmã mais velha de Mirra Andreeva, segue sem vencer em Slam, caindo na estreia em sua terceira tentativa, a segunda seguida em Paris.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Em clima leve e descontraído, Sabalenka ainda brincou com o público, agradecendo a presença da torcida em mais um dia de chuva em Paris. “Estou super feliz em ver todos vocês esta noite nos apoiando. Foi um clima ótimo. Eu sei que vocês não tiveram escolha porque está chovendo lá fora, então vocês tinham que estar nessa quadra”, disse se referindo ao teto retrátil da Philippe Chatrier.

Sabalenka domina do começo ao fim

Favorita com sobras para a partida desta terça-feira, Aryna Sabalenka tratou de mostrar porque é a atual segunda melhor jogadora do mundo e não deu chances à adversária. Com 75% dos pontos ganhos com o primeiro serviço e 80% com o segundo, ela dominou os games de saque e ainda pressionou sempre que pôde a adversária com as devoluções. Assim, obteve duas quebras e finalizou a primeira parcial em 27 minutos.

O segundo set começou com altos e baixos das suas jogadoras, ocorrendo três quebras nos três primeiros games. Com 2/1 de vantagem, Sabalenka recolocou a cabeça no lugar e novamente deslanchou rumo à vitória, obtendo nova quebra no sétimo game. No final do jogo, ela venceu dez dos últimos 14 pontos e assim sacramentou a classificação com uma bela deixadinha.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luis Ricardo
Luis Ricardo
20 dias atrás

“gritolenka” desagradavel demais com seus berros sem noção

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE