PLACAR

Sabalenka não vai aos Jogos Olímpicos e critica calendário

Foto: Corinne Dubreuil / FFT

Paris (França) – O torneio olímpico de tênis ganhou um desfalque de peso na chave feminina. Atual número 3 do mundo e um dos grandes nomes do circuito na atualidade, a bielorrussa Aryna Sabalenka revelou nesta segunda-feira que não irá a Paris e disparou críticas ao calendário atual, alegando que o desgaste do circuito foi um fator determinante para decidir não competir no evento e assim priorizar sua saúde.

“Não vou jogar as Olimpíadas por causa das regras da WTA em relação aos torneios obrigatórios. Tenho que sacrificar algo, e a primeira coisa que sacrificarei são os Jogos Olímpicos. Neste momento da minha carreira, especialmente com todos os problemas que enfrentei nos últimos meses, tenho que cuidar da minha saúde. É bastante complicado. Acho que é demais, a nível de calendário é demais. Eu prefiro tomar essa decisão, que consiste em descansar um pouco para a temporada de quadra dura. Sinto que isso é melhor e mais seguro para o meu corpo”, explicou a jogadora de 26 anos.

Atual bicampeã do Australian Open e quadrifinalista em Roland Garros, onde os Jogos Olímpicos serão realizados neste ano, Sabalenka era considerada uma séria candidata a uma medalha na capital francesa. A bielorrussa participou da edição de Tóquio, em 2021, mas não passou da segunda rodada caindo para a croata Donna Vekic no tiebreak do terceiro set. Na ocasião, ela já era a terceira melhor tenista do mundo.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Além de Aryna Sabalenka, outros três jogadores de nível top 20 tiveram sua desistência anunciada da competição. No fim de semana, a Federação Russa de Tênis confirmou que Andrey Rublev, Karen Khachanov e Liudmila Samsonova não vão a Paris.

Rublev, Khachanov e Samsonova não vão aos Jogos Olímpicos

 

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Zito Pontes
Zito Pontes
28 dias atrás

Não foi no velório do namorado, não vai aos jogos olímpicos, bem, sabemos que o tenista tem fama de egoísta , mas Sabalenka tá acima da média

Ana
Ana
28 dias atrás
Responder para  Zito Pontes

Pelo que li, eles já não eram mais namorados. E, a considerar a data em que ela anunciou o patrocínio da OakBerry (açaí), ela já namorava o brasileiro fundador desta marca (OakBerry), o que foi confirmado recentemente…

João
João
28 dias atrás

Não faz o menor sentido disputar Jogos Olímpicos com bandeira neutra. Também não iria.

Leonardo
Leonardo
28 dias atrás
Responder para  João

Exato, pensei o mesmo. A grande vibe de participar de uma olimpiada é defender o pais. Sem isso é um torneio sem pontos e sem premio em dinheiro.

Thiago Silva
Thiago Silva
28 dias atrás
Responder para  João

Talvez tenha sido esse o motivo, mas ela não pode falar.

Gustavo
Gustavo
28 dias atrás
Responder para  Thiago Silva

Verdade, pq a gente sabe o que acontece qdo se insurgem contra o regime, contra Putin… Os últimos que fizeram isso morreram “acidentalmente” no elevador, no avião, na escada…
Aliás, eu por escrever isso posso estar correndo risco

E ainda tem gente que defenda esse monstro.

Evandro
Evandro
28 dias atrás
Responder para  Gustavo

Ai, que meda

Andre Lima
Andre Lima
28 dias atrás

Acho que tem mais haver com questões politicas… por isso a maioria dos tenistas russos não vão…daqui a pouco a gente vê o Medvedev falar q não vai também… acho q deve ter uma pressão pra eles boicotarem o evento…

natanael
natanael
28 dias atrás

tem mais que boicotar mesmo…. um absurdo russos e bielos jogarem com bandeira neutra nos torneios…politica é politica e esporte é esporte

Paulo Mala
Paulo Mala
28 dias atrás

Nas outras olimpiadas de outros anos também lembro ter tenistas que preferiram pular e jogar o circuito.
Para nós torcedores é um grande evento, mas para os atletas de tenis, é um problema. Entendo a Sabalenka, Emma Raducanu e outros que não irão

Arthur
Arthur
28 dias atrás

Quem mandou a Rússia dopar todos os atletas deles. Agora aguentem. Acho é pouco

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE