PLACAR

Rublev, Khachanov e Samsonova não vão aos Jogos Olímpicos

Anastasia Pavlyunchenkova e Andrey Rublev (Foto: Kopatsch/Sato/Sidorjak/ITF)

Paris (França) – Embora não possam competir representando os seus países, atletas de Rússia e Belarus vão aos Jogos Olímpicos de Paris sob bandeira neutra, o que permite que alguns dos principais nomes do circuito mundial de tênis consigam participar do evento. Mesmo assim, três importantes jogadores russos resolveram não ir à capital francesa e se tornaram baixas para o torneio que começa no dia 27 de julho.

Estão nessa lista Andrey Rublev, atual número 6 do mundo e medalhista de ouro nas duplas mistas em Tóquio-2021, Karen Khachanov, 22º na lista da ATP e prata nas simples também na última edição, e Liudmila Samsonova, 15ª colocada na WTA.

Ao menos por enquanto, apenas as razões de Rublev foram justificadas pelo próprio presidente da Federação Russa de Tênis, Shamil Tarpischev. Segundo ele, o tenista de 26 anos optou por se dedicar plenamente à sua recuperação física após passar por problemas de saúde durante a disputa do Masters 1000 de Madri, torneio no qual acabou saindo com o título.

Na ocasião, Rublev teve uma amigdalite e precisou ser hospitalizado por dois dias após o evento. “Andrei precisa de recuperação, ele jogou muitos torneios em sequência. O corpo não é de ferro”, disse Tarpischev à agência de notícias russa TASS.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Calmon
Marcelo Calmon
1 mês atrás

Bom para o Wild. Se quiser ir, está garantido.

Vinícius
Vinícius
1 mês atrás

Seria mais digno o Rublev falar que não quer jogar né, ele vai jogar halle semana que vem, wimbledon daqui 2 semanas, provavelmente vai jogar alguma coisa após tbm, e deve jogar Montreal esse ano que acontece logo após acabar o torneio de tênis nas olimpíadas, mas é aquilo, dinheiro sempre vai vencer né, não estou aqui para julgar, e vai ter alguém defendendo a ação dele, só acho triste pq ele olimpíada é algo especial, os torneios que ele joga, ele terá todos os anos, olimpíada não, quem garante que ele vai ser um bom jogador daqui 4 anos?tênis é muito dinâmico, 3 anos atrás o khachanov não estava cotado para ganhar medalha e pegou uma prata, enfim azar o dele.
E assim tem um adendo muito forte aqui, por ele ser russo a concorrência é muito alta, daqui 4 anos se ele quiser jogar LA talvez ele não consiga, talvez tenha 4 russos na frente dele no ranking e ele não possa jogar, enfim escolhas e escolhas.

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
1 mês atrás

Melhor que não apareça, o torneiro fica mais suave sem este cara, até parece argentino de tanta soberba.

Sergio Barreto
Sergio Barreto
29 dias atrás

É uma pena não poder assistir esses bons tenistas em ação

Maximo Troísi
Maximo Troísi
29 dias atrás

Desculpas pra boi dormir. O fato é que todos já possuem medalhas olímpicas e Olimpíada não dá dinheiro, só prestigio. Não querem arriscar lesionarem num torneio que é só festinha das nações, e como bandeira neutra a Rússia não paga nada pra eles irem.
No Brasil, o COB deu na última olimpíada 800 mil reais pra quem trouxe uma medalha de ouro, 500 mil pra prata e o bronze rendeu 200 mil reais. Rebeca Andrade se deu muito bem, trouxe 2 medalhas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE