PLACAR

Sabalenka comemora sequência consistente em Grand Slam

Foto: Philippe Montigny/FFT

Paris (França) – Como tem sido frequente nos últimos anos, Aryna Sabalenka faz mais uma boa campanha em Grand Slam, ao chegar às quartas de final de Roland Garros. E a número 2 do mundo está a apenas uma vitória de chegar à sétima semifinal de Slam consecutiva, numa série iniciada ainda no US Open de 2022 e que conta com dois títulos na Austrália. O cenário contrasta com os primeiros anos de sua carreira, quando ela sofria muitas eliminações precoces. E por isso, comemora a mudança de chave.

“Parece loucura para mim, para ser honesta, e estou super feliz por ter conseguido ser tão consistente em Grand Slam. Todo mundo sente pressão e sei que é mais intensa nessas semanas. E com a experiência, estou aprendendo a lidar melhor com isso”, disse Sabalenka, que só passou das oitavas de um Slam pela primeira vez em 2021, na grama de Wimbledon, em seu 15º Slam disputado.

“Nos meus dias de folga, tento me desligar, não pensar em tênis. Isso ajuda a preservar minha saúde mental e me preparar para a rodada seguinte”, acrescenta a bielorrussa, falando sobre como administrar a energia e estar mentalmente forte nas semanas mais importantes da temporada.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Sabalenka superou a norte-americana Emma Navarro por 6/2 e 6/3 nesta segunda-feira . Foi uma revanche para ela, diante de sua algoz no WTA 1000 de Indian Wells. “Tive uma partida muito difícil contra ela em Indian Wells. E hoje eu estava pronta para lutar por cada ponto. Eu estava preparada para jogar longos ralis. Sabia que teria que trabalhar muito para esta vitória, por isso estou muito feliz com o nível que atuei hoje”.

Condições mais rápidas e duelo com Andreeva nas quartas

Reconhecida por seu jogo agressivo e de muita potência nos golpes, Sabalenka encontrou condições de quadra mais rápidas em um dia de sol em Paris, depois de muitos dias chuvosos, que deixam as quadras mais lentas e pesadas. “Com o sol você se sente mais positiva. Depois de muita chuva nos últimos dias, hoje pudemos jogar com o teto aberto e as pessoas puderam assistir à partida em ótimas condições. A única diferença é que estava ventando um pouco mais. Mas eu estava apenas focado em mim mesma e tentando fazer o meu melhor em cada ponto”.

A adversária de Sabalenka nas quartas de final será a jovem russa de 17 anos Mirra Andreeva, 38ª do ranking e que faz a melhor campanha da carreira em Grand Slam. A número 2 do mundo venceu os dois duelos anteriores contra Andreeva, ambos disputados no saibro de Madri.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
trackback

[…] de perder o posto de número 2 do mundo, Sabalenka também deixou pelo caminho a grande sequência de semifinais. Ela havia chegado pelo menos nesta fase nos últimos seis Grand Slam que disputou. A última vez […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE