PLACAR

Sabalenka cede só um game e inicia bem defesa do título

Foto: Jimmie48/WTA

Melbourne (Austrália) – Atual campeã do Australian Open, Aryna Sabalenka iniciou a defesa do título com uma vitória muito tranquila. A número 2 do mundo precisou de apenas 53 minutos para vencer a alemã de 18 anos e vinda do quali Ella Seidel, 173ª do ranking e estreante em Grand Slam, marcando as parciais de 6/0 e 6/1.

Escalada para atuar no encerramento da rodada deste domingo em Melbourne, Sabalenka só entrou em quadra por volta de 23h30 pelo horário local, após a estreia do decacampeão Novak Djokovic contra o croata Dino Prizmic ter durado 4h. “Sei que o público estava torcendo por ela, mas muito obrigada por ficarem até tarde, nos apoiando”, disse na entrevista em quadra.

A próxima adversária de Sabalenka será outra tenista muito jovem. A bielorrussa encara a tcheca de 16 anos e também vinda do quali Brenda Fruhvirtova, 107ª do ranking, que derrotou a romena Ana Bogdan por 2/6, 6/4 e 6/3. Apesar de ser dois mais nova que Seidel, a tcheca já está disputando o terceiro Grand Slam como profissional e também já atuou em torneios da WTA.

Superada por Sabalenka neste domingo, Seidel sequer havia disputado um quali de Grand Slam ou mesmo uma chave principal de WTA antes da semana passada, quando venceu as norte-americanas Elizabeth Mandlik e Hailey Baptiste durante o quali em Melbourne. Ela atingiu neste início de temporada o melhor ranking da carreira.

Sabalenka foi dominante desde os primeiros games da partida e precisou de apenas 22 minutos para vencer o set inicial, com 9 a 1 nos winners. A bielorrussa de 25 anos continuou a construir sua tranquila vitória e chegou a liderar o segundo set por 5/0.

Só então, Seidel conseguiu confirmar o serviço pela primeira vez no jogo, recebendo muitos aplausos do público na Rod Laver Arena. A número 2 do mundo não enfrentou break-points e terminou a partida com cinco quebras a favor. Ela terminou a partida com 20 winners contra apenas 4.

Dolehide entra no caminho de Gauff
Ainda neste domingo, a norte-americana Caroline Dolehide, 43ª do ranking, venceu a francesa vinda do quali Leolia Jeanjean por 6/2 e 6/4. Dolehide, que no ano passado foi finalista de um WTA 1000 em Guadalajara, está no caminho de Coco Gauff e aguarda a estreia da atual número 4 do mundo contra a eslovaca Anna Schmiedlova.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE