PLACAR

Sabalenka assume o número 1 com vitória arrasadora

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) – No dia seguinte ao da confirmação de que será a nova número 1 do mundo, Aryna Sabalenka teve uma grande atuação e conseguiu uma vitória arrasadora para chegar às quartas de final do US Open. Ela precisou de apenas 1h15 para vencer Daria Kasatkina, 14ª do ranking, por 6/1 e 6/3.

A vitória desta segunda-feira foi a quinta de Sabalenka em sete jogos contra Kasatkina no circuito. Ela terá nas quartas um confronto inédito contra a chinesa Qinwen Zheng, jovem de 20 anos e 23ª do ranking, que faz a melhor campanha da carreira em Grand Slam. Do mesmo lado da chave estão Madison Keys e Marketa Vondrousova.

Na disputa pela liderança do ranking, Sabalenka tinha como rival Iga Swiatek, campeã no ano passado em Nova York. Havia a possibilidade de um confronto direto pelo número 1 caso elas se encontrassem na final, mas a polonesa foi eliminada nas oitavas pela letã Jelena Ostapenko:

“Eu não tinha dúvidas de que ela chegaria à final aqui de novo. Então, só dependia de mim se eu iria conseguir. Eu queria travar essa batalha e decidir tudo na quadra. Fiquei triste por ela ter perdido”, disse a bielorrussa, durante a entrevista em quadra.

Sabalenka ainda luta por um título inédito no US Open e foi semifinalista em Nova York nas duas últimas temporadas. A bielorrussa de 25 anos conquistou em janeiro seu primeiro Grand Slam em simples, na Austrália, e também foi semifinalista de Roland Garros e Wimbledon.

Apesar de ter sofrido uma quebra de serviço no começo do jogo, Sabalenka dominou o primeiro set com três quebras. Com evidente diferença na velocidade da bola entre as duas jogadoras, ela conseguia se impor com um tênis agressivo e muita potência nos golpes, marcando 13 winners contra apenas dois de Kasatkina na parcial.

O segundo set começou com games um pouco mais longos e Kasatkina tentava se defender da melhor maneira possível. A russa ficava bem atrás da linha de base para defender os saques da adversária, tentava usar algumas bolas mais altas e quebrar o ritmo com slices. Ainda assim, Sabalenka conseguiu de novo mais três quebras e atacava as paralelas para definir os pontos em poucas trocas de bola.

Kasatkina chegou a estar perdendo o último set por 5/2, mas devolveu uma das quebras quando a rival sacava para o jogo. Ainda assim, a vantagem construída por Sabalenka possibilitou que ela tivesse uma nova oportunidade de fechar a partida. A nova número 1 do mundo liderou com folga a estatística de winners por 31 a 7 e cometeu 23 erros não-forçados contra 11 de Kasatkina. Ela conseguiu sete quebras e perdeu três games de serviço.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE