PLACAR

Rybakina sobrevive à estreia e consegue difícil virada

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – Depois de precisar se retirar de dois WTA 1000 na temporada, abandonando nas quartas em Dubai e nem jogando em Indian Wells, por problemas de saúde, Elena Rybakina estreou com uma vitória muito complicada em Miami. Finalista da edição passada do torneio e atual número 4 do mundo, a cazaque precisou de três sets e 2h28 para superar a jovem dinamarquesa de 21 anos Clara Tauson, 92ª do ranking, por 3/6, 7/5 e 6/4.

A instabilidade de Rybakina no saque, com apenas 50% de primeiros serviços em quadra, e seus 17 erros não-forçados custaram caro no primeiro set. Ela permitiu três quebras a Tauson, que venceu a parcial. A cazaque começou o segundo set vencendo por 2/0 e chegou a liderar por 5/3. Apesar de ter perdido a chance de sacar para o set e permitido o empate, recuperou a vantagem e venceu oito pontos seguidos no fim do set.

O terceiro set começou com uma troca de quebras e a cazaque enfrentou alguns games longos em seu serviço. Ela conseguiu recuperar a vantagem para fazer 4/2. E depois de ter perdido dois match-points no saque da adversária, definiu a disputa em seu serviço. A cazaque agora enfrenta a norte-americana Taylor Townsend, canhota de 27 anos e 72ª do ranking, que venceu a belga Elise Mertens por duplo 6/2.

Tricampeã, Azarenka confirma duelo com Zheng
Quem também venceu um jogo duríssimo nesta quinta-feira foi Victoria Azarenka, ex-número 1 do mundo e tricampeã do torneio. A experiente jogadora de 34 anos e atual 32ª do ranking lutou por 2h46 e contou com muito apoio da torcida, mesmo jogando contra uma norte-americana, e venceu a 67ª colocada Peyton Stearns por 7/5, 3/6 e 6/4.

Sua próxima adversária será a chinesa Qinwen Zheng, número 8 do mundo e finalista do Australian Open, que liderava a partida contra a tcheca Katerina Siniakova por 4/6, 6/3 e 1/0 quando a rival se retirou por lesão. Desde a grande campanha em Melbourne, em janeiro, Zheng conseguiu apenas quatro vitórias. Ela chegou às quartas em Dubai, mas vinha de eliminação na estreia em Indian Wells.

Outra vitória chinesa na rodada veio com Xinyu Wang, atual 43ª do ranking, que eliminou a russa Veronika Kudermetova, 19ª do mundo, com parciais de 6/3 e 6/2. Wang enfrenta na próxima rodada a norte-americana Madison Keys, 18ª do ranking e que disputa apenas seu segundo torneio na temporada, recuperada recentemene de uma lesão no ombro, que a afastou do circuito por cinco meses.

Leia mais:

Keys e Ostapenko estreiam com vitória em Miami

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
JBG
JBG
23 dias atrás

Elena Rybakina 4° nesse retorno sofreu pra vencer a Tauson 92°. Mas o que me assustou mesmo um pouco foi seu físico, está bem magra e na foto mostra-se bem abatida, parece que não recuperou-se totalmente do problema gastrointestinal, tomara que seja só minha impressão. Excelente jogadora, muito disciplinada e educada. Gosto demais da Rybakina e seu tênis é lindo de se assistir. Força Rymáquina!!!

Viviane
Viviane
23 dias atrás

Infelizmente só consegui assistir ao primeiro set e às vezes parece que a Rybakina tem uns apagões, sei lá, muitos erros, o saque já não está mais como antes. Vamos ver até onde vai; tem muitos pontos a defender nesse torneio..

JBG
JBG
23 dias atrás
Responder para  Viviane

Verdade. Joga um tênis absurdo a gente já sabe, estou preocupado com físico dela muito magra. Desejo muita saúde e que esse problema gastrointestinal tenha sido solucionado. Saúde Elena Rybakina.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE