PLACAR

Ruud passa por Fritz e confirma reencontro com Djokovic

Foto: FFT

Paris (França) – A decisão da última temporada em Roland Garros ganhará uma reedição nas quartas de final em 2024. Depois de Novak Djokovic superar o argentino Francisco Cerúndolo em jogo de cinco sets e mais de quatro horas de duração, foi a vez de Casper Ruud confirmar o bom momento e derrotar o norte-americano Taylor Fritz por 3 a 1, com o placar de 7/6 (8-6), 3/6, 6/4 e 6/2.

Com isso, o sérvio e o norueguês se encontrarão pelo segundo ano consecutivo na Philippe Chatrier, desta vez valendo uma vaga na semifinal. No ano passado, Nole levou a melhor em sets diretos e ficou com o título. O atual número 1 do mundo é também quem lidera o confronto direto, com cinco vitórias em seis jogos, mas Ruud foi quem venceu o último duelo, na semi de Monte Carlo em abril.

Aos 25 anos, Ruud alcança as quartas de final no saibro parisiense pelo terceiro ano consecutivo, tendo também ficado com o vice-campeonato em 2022, após cair para Rafael Nadal na decisão. Ele ainda tem outra final de Grand Slam no currículo, disputada no US Open há duas temporadas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Do outro lado, Fritz perde a chance de alcançar as quartas de final em todos os Slam, mas se despede de Roland Garros com sua melhor campanha em oito participações. Antes, ele jamais havia superado a terceira rodada em Paris, resultado que obteve no ano passado e em 2020.

Altos e baixos e chances perdidas

Em um primeiro set de muitas oscilações, quebras de serviço e oportunidades desperdiçadas pelos dois lados, inclusive dois set-points que Ruud não concretizou no saque de Fritz no décimo game, a parcial só foi decidida nos detalhes do tiebreak. O norte-americano chegou a abrir 5-1 no desempate e teve um set-point com saque a favor no 6-5, mas não aproveitou a vantagem e viu o norueguês sair na frente.

Precisando reagir, Fritz começou muito bem o segundo set e foi quem obteve a primeira e única quebra da parcial, abrindo 3/0 de frente. A partir daí, entre breaks salvos e desperdiçados pelos dois jogadores, ele apenas administrou o placar e empatou o jogo.

E a virada tinha tudo para acontecer, principalmente depois de o norte-americano superar o serviço do rival no terceiro game do set seguinte, mas a vantagem durou pouco tempo e Ruud tratou de empatar e virar logo em seguida, com duas quebras consecutivas no quarto e sexto games. Fritz ainda esboçou uma reação, devolvendo o break, mas novamente perdeu o saque e a parcial no décimo game.

Ruud deslancha e confirma a vitória

O quarto e último set até começou bastante equilibrado e com domínio dos sacadores até o sexto game, quando o norueguês aproveitou rara chance e abriu preciosa vantagem. Depois confirmar o serviço de zero por duas vezes consecutivos, o vice-campeão das duas últimas edições confirmou seu retorno às quartas de final com uma nova quebra no oitavo game.

15 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
14 dias atrás

Djoko vem extenuado por duas maratonas! Essa é a grande chance do norueguês!

Renato
Renato
14 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

Concordo contigo. No entanto, vem motivado também, afinal, saiu de duas situações dificílimas. Hoje, a lógica aponta para vitória do Norueguês, por todo o contexto do que vimos esse ano, desde a derrota para o Sinner na Austrália. Mas é apenas a lógica.

Gisele Matias
Gisele Matias
14 dias atrás

Acho que Ruud ganha do Nole

Leonardo
Leonardo
14 dias atrás

Bom, tem as suas chances. O H2H é 5×1 em favor de Djokovic, mas Ruud ganhou a ultima em Roma. E a pressão de enfrentar Djokovic nas quartas é muito menor que enfrentar em uma final de RG como no ano passado. Então força Ruud. Apesar da torcida, acho que Djoko leva mais essa…

Renato
Renato
14 dias atrás
Responder para  Leonardo

Acho que o H2H não tá vendo o contexto da situação. O que vem acontecendo desde a Austrália deixa claro que o Djokovic vai ter que “suar muito” novamente para passar. Não está no melhor momento, tanto fisicamente como tecnicamente. Então não acho que o favoritismo seja dele, e sim do Ruud. Mas o favoritismo não garante nada, o que vale é o que vai acontecer no jogo.

Balbino
Balbino
14 dias atrás

Ruud é um dos melhores tenisras do circuito e tem grandes chances de vencer pois venceu o último encontro entre eles.É bom lembrar que Djokovik é o melhor tenista de todos os tempos. Já atingiu o nível de insuperabilidade mas mesmo assim continua arregaçando. È um professor ambulante de tênis e consegue fazer com que seus adversários evoluam em cada confronto com êle. Posue um estilo vencedor que pouquíssimos enxergam ou conseguem ler. A grande maioria dos comentaristas e narradores, principalmente o(a)s tenistas, ficam embasbacados.

João Sawao ando
João Sawao ando
14 dias atrás

Torcendo pelo ruud

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
14 dias atrás

Será a 4° quartas de Slam para o Ruud, 3 em RG. Djokovic talvez nem jogue as quartas. Sentiu o joelho. Se jogar, não estará no seu melhor. Ruud tem boas chances

Belarmino Jr
Belarmino Jr
14 dias atrás

O norueguês deve ganhar com facilidade.

Leonel
Leonel
14 dias atrás

Djoko jogador experiente e carismático. Ruud bom.jogador sem carisma.algum ( água com açucar)..Ruud não tem culpa alguma de o Big 3 ter destruído a geração dele. Big 3 foram tão fantásticos que desmotivaram muitos bons jogadores. Ficaram inatingíveis. É outro jogo que pode ir pra 5 set e adivinha quem vai ganhar?

James Garcia
James Garcia
14 dias atrás
Responder para  Leonel

Se for pra 5 set o Ruud vai tremer e nem estou dizendo isso pra desmerecer, porém é só imaginar como que não deve ficar abalado o psicológico do adversário

Lee
Lee
14 dias atrás

Se o Djokovic desistir por causa do problema no joelho a e ele tem tudo para chegar final pois vai ter um dia a mais de descanso e em Grand Slam isso é uma vantagem muito grande.

José Alexandre
José Alexandre
14 dias atrás

Talvez Djoko nem entre em quadra, e se entrasse o norueguês seria favorito. Não só acho que já está com um pé na final, como diria que tem chances de ser campeão domingo.

James Garcia
James Garcia
14 dias atrás

Obviamente, tirando o Djokovic o Ruud é o jogador mais forte no saibro de todos os que sobraram principalmente se tratando de Roland Garros, se passar do Nole é uma mão na taça e um abraço

Bernou
Bernou
14 dias atrás

Ruud não tem nada de espetacular. Vai ser presa fácil para Djocovid.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE