PLACAR

Romboli e polonês ficam com o vice em Portugal

Fernando Romboli e o polonês Szymon Walkow (Foto: Federação Portuguesa de Tênis)

Maia (Portugal) – Foi por muito pouco, mas o carioca Fernando Romboli e o polonês Szymon Walkow terminaram com o vice-campeonato do challenger de Maia, torneio português em quadras saibro e estádios cobertos. Neste sábado, eles foram derrotados na decisão pelos italianos Andrea Vavassori e Marco Bortolotti, principais cabeças de chave, pelo placar de 6/4, 3/6 e 12-10, em 1h36 de duelo.

Com a ótima campanha e os 60 pontos conquistados em Portugal, Romboli subirá três posições no ranking de duplas, já que também terá deduzido outros 20 pontos, terminando assim o ano na 104ª colocação. Sua melhor marca foi o 88º lugar, obtido em julho de 2022. Aos 34 anos, o brasileiro encerra a temporada com dois títulos de challenger, ambos conquistados ao lado de Marcelo Zormann, e outras seis finais.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Bastante equilibrado, o primeiro set foi decidido nos detalhes. Romboli e Walkow despediçaram todas as quatro chances que tiveram para quebrar o saque dos adversários, três delas no décimo game, e viram os rivais abrirem vantagem no placar ao vencerem por 6/4. Já na segunda parcial, o brasileiro e o polonês subiram o nível e chegaram a abrir 5/1 antes de fechar o set em 6/3.

Veio então o match-tiebreak, e Romboli e Walkow tiveram uma vantagem de 5-2, mas permitiram a reação de Vavassori e Bortolotti, que chegaram ao primeiro match-point no 9-8. Depois de se salvarem, foi a vez de o brasileiro e o polonês ficarem a um ponto do título, mas também não conseguiram fechar o jogo e acabaram derrotados na sequência por 12-10.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Márcio
Márcio
5 meses atrás

Jogaram bem e fizeram um bom torneio! Boa sorte ano que vem!

Jose da Silva
Jose da Silva
5 meses atrás
Responder para  Márcio

Creio que voltará ao top 100 nos primeiros meses de 2024.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE