PLACAR

Raonic cai nas oitavas, Fokina também bate Ruud

Alejandro Davidovich Fokina fez outra grande partida em Toronto
Foto: Mike Lawrence/ATP

Toronto (Canadá) – A semana de Alejandro Davidovich Fokina no Masters 1000 de Toronto segue com resultados positivos. Algoz de Alexander Zverev ainda na segunda rodada, o espanhol superou nesta quinta-feira o número 5 do mundo Casper Ruud, cabeça 3 do torneio, em uma longa partida com 3h05 de duração e parciais de 7/6 (7-4), 4/6 e 7/6 (7-4).

Esta foi a segunda vitória de Fokina em três jogos contra Ruud, repetindo o resultado de 2021 em Roland Garros. Ao superar o norueguês mais uma vez no circuito, o jogador de 24 anos e atual 37º do ranking chega à sua quinta vitória contra top 10 na carreira e a segunda na temporada. Ele já havia vencido Holger Rune em Madri.

O primeiro set foi inteiramente sem quebras e Fokina chegou a vencer cinco pontos seguidos no tiebreak para vencer a parcial. Ruud reagiu no segundo set com duas quebras. O norueguês aproveitou o bom momento e saiu vencendo o terceiro set por 2/0. Ele chegou a liderar por 5/3, mas foi quebrado quando sacava para o jogo. Depois de buscar o empate, o espanhol forçou um novo tiebreak fechou o jogo em três sets.

O adversário de Fokina nas quartas de final será o norte-americano Mackenzie McDonald, 59º do ranking, que acabou com a boa sequência de vitórias de Milos Raonic ao marcar um duplo 6/3 em apenas 1h10 de partida. Apesar dos nove aces de Raonic na partida, McDonald conseguiu três quebras de serviço, duas no primeiro set e outra no início da segunda parcial, quando ele abriu 3/0. O norte-americano escapou dos dois break-points que enfrentou.

A derrota nas oitavas encerrou a participação de Raonic em Toronto. Ex-número 3 do mundo e vencedor de oito torneios da ATP, o canadense ficou quase dois anos fora do circuito, depois de várias lesões. O jogador de 33 anos só disputou três torneios na atual temporada, dois deles na grama e agora o Masters do Canadá. Por isso, ocupa atualmente apenas o 545º lugar do ranking, mas conseguiu vencer o norte-americano Frances Tiafoe, número 10 do mundo, e o japonês Taro Daniel.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE