PLACAR

Raducanu se defende e explica desistência nas mistas

Foto: LTA

Londres (Inglaterra) – Eliminada pela surpreendente Lulu Sun nas oitavas de final em Wimbledon, a britânica Emma Raducanu foi bastante criticada nos últimos dias depois de ter optado por desistir do torneio de duplas mistas, em que jogaria ao lado de Andy Murray, devido a dores no punho direito e assim priorizado sua campanha nas simples.

Boa parte de quem achou a atitude da jogadora de 21 anos equivocada lamentou o fato de que esta poderia ser a última partida de Murray no All England Club, mas ele acabou ficando sem ter mais uma oportunidade de jogar em casa, já que havia sido eliminado na estreia das duplas masculinas ao lado irmão Jamie na última quinta-feira.

Diante de todas as críticas, Raducanu foi questionada pela imprensa após a queda na chave individual e ela se defendeu, justificando os motivos pelos quais decidiu não jogar ao lado do ídolo da casa. Segundo a campeã do US Open de 2021, foi uma escolha difícil, mas necessária para preservar seu corpo.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Não acho que tenha sido um erro, porque eu me sentia bem, mas ontem de manhã acordei com dores [no punho direito]. Tenho que priorizar a mim mesma e o meu corpo. Creio que foi a decisão correta e a mantenho. Foi uma decisão difícil porque é algo que sempre quis fazer [jogar com Murray]. Claro, eu não queria lhe tirar o último jogo, mas acredito que muitos jogadores numa situação similar a essa teriam feito a mesma coisa, priorizando seus corpos”, declarou.

Melhorias e ânimo renovado após resultados na grama

Apesar de não conseguir passar das oitavas de final mais uma vez em Wimbledon, Raducanu termina a temporada de grama de forma positiva. Depois de também ter feito semi em Nottingham e quartas em Eastbourne, ela acredita que vem aos poucos retomando seu melhor tênis e a paixão pelo esporte, apesar de admitir que ainda precisa evoluir em alguns aspectos.

“Há áreas que preciso continuar melhorando. Certas coisas tenho feito melhor durante a temporada de grama. Meu saque melhorou, mas acho que preciso trabalhar na consistência disso. Ser boa todos os dias, não apenas em alguns. Sinceramente, isso me deixa mais determinada e acho que realmente me coloquei em primeiro lugar nos últimos meses. Agora, o tênis é a única coisa que realmente está ocupando meu tempo e minha mente. É tudo o que eu quero fazer. Acho que aquele desejo e fogo voltaram. Eu só quero continuar desenvolvendo isso”, destacou na coletiva de imprensa.

Mesmo desapontada com a eliminação, ela sai satisfeita do Grand Slam caseiro. “Claro que estou desapontada, mas tudo acontece por uma razão e isso apenas alimenta meu fogo. Eu venci duas das dez melhores jogadoras em duas semanas [Pegula em Eastbourne e Sakkari em Londres], o que é um grande negócio para mim. Acho que tenho que tirar confiança disso. Há seis meses, quando eu estava começando após a cirurgia, eu teria assinado para estar na quarta rodada em Wimbledon”, finalizou.

Subscribe
Notificar
guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
6 dias atrás

Difícil julgar a sua atitude, mas, não deixa de ser uma pisada na bola…

SANDRO
SANDRO
6 dias atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Sim, ficou feio, faltou compromisso da parte dela… E as declarações dela não combinam com os atos após a desistência, carece de sinceridade…

André Borges
André Borges
6 dias atrás

Tanto faz, continuará recebendo WCs e WCs e WCs e etc.

SANDRO
SANDRO
6 dias atrás
Responder para  André Borges

Não sei não… Acho que esta atitude dela vai interferir na hora de RADUCANU receber um convite a partir deste papelão feito com o MURRAY…

SANDRO
SANDRO
6 dias atrás

Eu simpatizava com RADICANU, mas depois deste papelão, deste vexame, RADUCANU perdeu totalmente a minha admiração… Logo após a desistência da dupla com MURRAY eu não vi nenhum impedimento nas imagens dos treinos de RADUCANU e na partida contra LULU SUN… Então, percebi falsidade nas declarações dela, não me passou nenhuma credibilidade… Porém , MURRAY tem parte de culpa, pois deveria ter chamado para jogar dupla uma tenista mais experiente, mais confiável, com boa reputação, e com histórico de cumprir seus compromissos… O que não faltam são duplistas britânicas na chave feminina de Wimbledon que adorariam ter a honra de serem convidadas por MURRAY… Mas MURRAY preferiu chamar uma jogadora que prefere ter atitude de “criança” em vez de agir como uma adulta responsável… Pra mim, acabou o encanto com RADUCANU e eu que até torcia para ela decolar na carreira, depois desse vexame, passo a torcer contra… Vale ressaltar que no jogo contra LULU SUN, parte da própria torcida britânica vaiou e torceu contra RADUCANU…

SANDRO
SANDRO
6 dias atrás

Muito agradecido à LULU SUN por fazer o KARMA de EMMA se cumprir… Aliás, já que ela se chama EMMA poderia fazer como um AVESTRUZ e esconder sua cabeça em um buraco, depois deste papelão… O karma significa ação e se refere ao ciclo infinito de causa e efeito gerado pelas atitudes, pensamentos, falas e comportamentos de cada indivíduo. Cada ação tomada por um ser vivo tem efeito em sua vida, mais cedo ou mais tarde…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE