PLACAR

Pucinelli volta a superar francês e avança em São Leopoldo

Matheus Pucinelli (Foto: Giovani Paim/URGE Criativa)

São Leopoldo (RS) – Assim como já havia acontecido na semana passada em Assunção, Matheus Pucinelli voltou a superar o francês Geoffrey Blancaneaux e estreou com vitória no challenger de São Leopoldo. O jovem paulista de 22 anos e 295º do ranking eliminou o cabeça 7 do torneio e 220º colocado, com parciais de 6/3 e 6/2 em 1h57 de partida nesta terça-feira.

Pucinelli venceu todos os quatro jogos que fez contra Blancaneaux no circuito e perdeu apenas um set. Além das duas vitórias seguidas nas últimas semanas, ele também ganhou um jogo no challenger de Como, na Itália, em 2021, e também em Iasi, na Romênia, na temporada seguinte.

Esta foi a quinta vitória em torneios challenger na temporada para Pucinelli, que também venceu um jogo no quali do Rio Open. Ele ainda está distante do melhor ranking da carreira, o 190º lugar, alcançado em setembro de 2022. Seu próximo adversário é o boliviano de 19 anos Juan Carlos Prado Angelo, ex-número 1 juvenil e atual 559º da ATP, que bateu o russo Bogdan Bobrov por 6/4, 0/6 e 6/2.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Outro brasileiro em quadra no início da rodada desta terça-feira foi Daniel Dutra da Silva, paulista de 35 anos e 548º do ranking. Vindo de título no ITF de Maceió no último final de semana, Daniel foi superado pelo italiano Gianluca Mager, 266º do ranking, com parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7-3) em 2h38 de partida. Mager enfrenta o português Gonçalo Oliveira, cabeça 8 do torneio e algoz do pernambucano João Lucas Reis na última segunda-feira, por 7/5 e 6/3.

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Alan Lara
Alan Lara
24 dias atrás

perder no tie-break do terceiro set, numa manobra logística enorme dois dias após estar em Maceió… é de dar dó. mas mostra que o terreno do nosso leão de ITF… são os ITF’s. força Danielzão. o Brasil está com você. vá atrás dos recordes mundiais em ITF, ainda há tempo. (vitórias, títulos). e parabéns ao Puccibeli. mais uma vitória marcante sobre o francês.

Bruno
Bruno
24 dias atrás

Tem potencial pra ser top 200. Segundo semestre ano passado foi terrível.

Refaelov
Refaelov
24 dias atrás

Danielzinho me surpreendeu positivamente, Mager vem fzd uma temporada muito produtiva em nível CHL e teve q suar sangue pra eliminar o BR(inclusive salvando MP), jogando nesse nivel deve conseguir voltar a se firmar nesse patamar de CHL.

Pucinelli dessa vez venceu o francês com bem menos drama mas, ainda produzindo pouco com o saque e cedendo muitos BPs..

Meligeni passou com bem mais sofrimento doq o esperado mas, o mais importante era a vitória, a confiança e um melhor desempenho podem vir nas próximas rodadas.. inclusive, enormes chances de sair um SF BR nesse setor da chave com ele, Pucinelli e Alves..

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
24 dias atrás

Esse francês é freguês do Pucinelli. Boa vitória. Boliviano é promissor, mas aposto no Pucinelli. Podemos ter ele e Meligeni nas quartas. Derrota do Daniel foi uma pena. Bom jogo do veterano

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
24 dias atrás

Falta uma sequencia boa de vitórias para o Matheus engrenar e buscar um lugar melhor no ranking.

Fred Magalhães
Fred Magalhães
24 dias atrás

Nitidamente falta saque ao Puci. Não sei se é a mecânica, mas o fato é que ele não consegue imprimir velocidade e profundidade no primeiro e o segundo é triste. Se conseguir ajustar o saque tem bola para avançar bem no ranking.

Scott
Scott
24 dias atrás

Até que ganhou bem. Mas não deve ir longe no torneio.

trackback

[…] de Mateus Alves e Felipe Meligeni, o Brasil já conta com Matheus Pucinelli nas oitavas. O jovem paulista de 22 anos e 295º do ranking venceu o francês Geoffrey Blancaneaux […]

trackback

[…] Pucinelli volta a superar francês e avança em São Leopoldo […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE