PLACAR

Pigossi faz semi em Portugal, Gulin na final de duplas

Foto: Caldas da Rainha Ladies Open

Caldas da Rainha (Portugal) – A semana de Laura Pigossi no ITF W60+H de Caldas da Rainha segue com resultados positivos. Depois de duas vitórias em sets diretos, a número 2 do Brasil e 130ª do mundo avançou à semifinal do torneio português em quadras duras. Principal cabeça de chave, Pigossi liderava a partida contra a húngara Timea Babos, ex-top 30 e atual 187ª colocada, por 6/2 e 1/0 quando a rival abandonou a disputa, com um desconforto no pé.

A campanha até a semifinal em Caldas da Rainha rende 36 pontos na WTA para Pigossi, que tem 15 a descartar de seu 16º e último resultado válido para o ranking. Com isso, a paulistana de 29 anos está recuperando cinco posições. O torneio dá 100 pontos para a campeã e 60 para a vice. Em caso de título, ela pode se aproximar do 110º lugar.

A adversária de Pigossi na semifinal será a francesa Leolia Jeanjean, cabeça 3 do torneio e 151ª do mundo, que derrotou a britânica Sonay Kartal por 5/7, 6/3 e 6/2. Elas já se enfrentaram duas vezes, com uma vitória brasileira no ano passado e uma da francesa no mês de agosto, em Brasília. Pigossi e Jeanjean também foram parceiras de duplas nesta semana em Portugal.

“Sabia que ela era uma menina agressiva e que eu teria que jogar uma bola a mais. Ela saca muito bem, mas a menina que joguei na rodada anterior sacava ainda melhor então cheguei bem treinada podemos dizer”, disse Pigossi após a partida. “Consegui alongar os pontos, joguei da maneira que ela não gostava e acho que isso ajudou ela a se retirar. Ela ficou incomodada com o pé. Nunca é bom vencer jogos assim com a oponente se retirando, mas estou feliz por estar em mais uma semifinal”.

Durante a rápida partida das quartas, que teve apenas 48 minutos de duração, Pigossi não enfrentou break-points e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. Ela contou com a instabilidade de Babos no saque, que colocou apenas 43% de primeiros serviços em quadra e fez cinco duplas faltas, para conseguir duas quebras no primeiro set. A brasileira voltou a quebrar no início da segunda parcial, antes de a rival se retirar da quadra.

Georgia Gulin tenta o primeiro título profissional
A paranaense de 24 anos Georgia Gulin está na semifinal de duplas do ITF W15 de Monastir, disputado no piso duro da Tunísia. Gulin e a indiana Vaishnavi Adkar venceram as francesas Astrid Cirotte e Marine Szostak por 6/3, 4/6 e 10-3. As adversárias na final serão a grega Magdalini Adaloglou e a ucraniana Kristina Voznyak.

A tenista vinda do circuito universitário norte-americano ainda busca o primeiro título de sua carreira profissional. Ela é a 861ª no ranking de simples da WTA e atualmente não aparece na lista de duplas. O tonreio dá 10 pontos no ranking para as campeãs e 6 para as vices. Na chave individual, a brasileira parou nas oitavas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE