PLACAR

Pigossi consegue virada em sua estreia no saibro italiano

Foto: FFT

Caserta (Itália) – Principal inscrita para o ITF de nível 75 que acontece sobre o saibro italiano, Laura Pigossi precisou de boa reação para avançar à segunda rodada. Nesta terça-feira, a número 2 do Brasil teve trabalho diante da russa Elena Pridankina, 273ª do mundo e de 18 anos, anotando as parciais de 1/6, 6/3 e 6/2.

Pigossi acabou de disputar Roland Garros, o terceiro Grand Slam de sua carreira, furando o qualificatório. Atual 119ª do mundo, ela pode lucrar bons pontos na Itália, já que o torneio oferece 75 pontos à campeã, algo que levaria a brasileira para às portas do top 100. Por enquanto, soma apenas 9 pontos e não mexe com sua classificação.

“Eu estou saindo de um gripe, ainda com tosse e dificuldade de respirar e no primeiro set entrei com tudo e o esforço em alguns momentos até me deixou tonta. Aí comecei a cadenciar o jogo, sem muita intensidade e energia, jogar mais lento e a meu favor e deu certo. Não devo jogar amanhã e com isso ganhou mais um dia de tratamento”, explicou Laura.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

A paulistana de 29 anos aguarda agora sua adversária de oitavas de final, que sairá do duelo entre a italiana vinda do quali Gaia Squarcialupi ou a lucky-loser romena Maria Toma. A primeira cabeça de chave no provável caminho de Pigossi é Selena Janicijevic, 235ª colocada.

Classificada para a chave de simples dos Jogos Olímpicos de Paris, Pigossi também deverá tentar o quali para Wimbledon, que acontece dentro de três semanas.

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Blumenau Coleções
Blumenau Coleções
8 dias atrás

Não podemos contar com a Bia para nos dar alegria, então, bora pra cima delas, boa sorte, vai precisar de muita.

Paulo A.
Paulo A.
8 dias atrás

Nossa, que susto! Laura cresce quando joga com jogadoras muito melhores que ela.

Domingos Neto.
Domingos Neto.
8 dias atrás

Essa é incansável!
Parabéns Pigossi.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
8 dias atrás
Responder para  Domingos Neto.

Como incansável se ela perde na primeira ou segunda rodada dos torneios. Raríssimas vezes chega às quartas ou semifinais de torneios pequenos.

Neri Malheiros
Neri Malheiros
8 dias atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Pois é, Dennis, estranhamente Laura Pigossi, essa perdedora contumaz conforme dizes, se for bem no torneio atual poderá ficar perto do top 100, algo que só acontece com tenistas que costumam acumular bem mais vitórias que derrotas e somar pontos suficientes para distanciá-las das concorrentes. É mesmo um verdadeiro mistério…

Blumenau
Blumenau
8 dias atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Mas na minha opinião ela está melhor do que a Bia que só deu vexame este ano, pelo menos a Pigossi jogou quatro partidas em RG enquanto a Bia perdeu logo na estreia.

Fernando S P
Fernando S P
8 dias atrás
Responder para  Blumenau

Menos. :) A Bia está em 25º lugar no ranking do ano.

Domingos Neto.
Domingos Neto.
8 dias atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Cara, a palavra incansável, não só deriva de cansaço físico.
Falo no sentido de que ele não se acomoda. Pedeu na primeira rodada, logo busca um outro torneio para continuar na ativa. Tem uns tenistas aí que perde e passam três semanas refletindo.
Mas respeito sua opinião.

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
8 dias atrás

Está menina é um osso de fêmur duro de roer. Viajante incansável em busca de título maior. FÃ!

João Sawao ando
João Sawao ando
8 dias atrás

Vamos ganhar esse torneio Laura

trackback

[…] relatou no início da semana que está se recuperando aos poucos de uma gripe e tem comemorado os resultados positivos na semana. “Continuo com bastante tosse, mas não […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE