PLACAR

Pigossi cai em três sets para lucky-loser no saibro francês

Foto: Grand Est Open 88

Contrexeville (França) – Pelo segundo jogo consecutivo, a paulista Laura Pigossi precisou lutar por mais de duas horas e três sets, mas, ao contrário da estreia, desta vez ela acabou eliminada nas oitavas de final do WTA 125 de Contrexeville, no saibro francês. Cabeça de chave número 5, a brasileira caiu para a lucky-loser chinesa Xinyu Gao, 187ª do ranking, pelo placar de 6/2, 5/7 e 6/2, após 2h22 de confronto.

Esta foi a segunda campanha seguida em que Pigossi cai nas oitavas de um torneio na França, tendo parado também no segundo jogo do ITF W75 de Montpellier na última semana. Classificada para os Jogos Olímpicos de Paris, a número 2 do Brasil e 110 do mundo segue se preparando para a disputa no saibro de Roland Garros. Neste momento, ela está ganhando duas posições no ranking e assumindo provisoriamente o 108º lugar.

Classificada para as quartas de final, Gao enfrentará na próxima fase a francesa Margaux Rouvroy, apenas 244ª colocada na WTA, que venceu o duelo caseiro contra a top 500 Diana Martynov por 6/3 e 6/1.

Chinesa explora segundo serviço de Laura

Um dos pontos negativos da atuação da brasileira nesta quinta-feira foi o saque. Apesar dos 71% de acerto do primeiro serviço, ela ganhou 58% dos pontos com a primeira bola em quadra e apenas 36% com o segundo saque ao longo de toda a partida. Laura anotou dois aces (contra quatro da adversária) e cometeu seis duplas faltas diante de uma da rival.

No primeiro set, esses número foram ainda piores, com somente um ponto vencido em oito disputados com o segundo saque. Com isso, Xinyu Gao explorou muito bem essa inconsistência e quebrou duas vezes de zero o saque da brasileira.

Pigossi melhorou na segunda parcial e, apesar de sair atrás novamente, ela buscou a reação, devolveu a quebra já no game seguinte e voltou a superar o serviço da chinesa no 12º game, empatando o jogo. Ela terminou o set com 74% de acerto do primeiro serviço, sua melhor média no jogo, além de ganhar 65% dos pontos com essas bolas e 56% com o segundo saque.

Na parcial decisiva, Pigossi voltou a cair de rendimento, ganhou apenas metade dos pontos com o primeiro saque e 38% com o segundo. Além de não incomodar o serviço da adversária, sem ter uma única oportunidade de quebra, ela precisou enfrentar seis break-points, mas salvou apenas quatro, três deles como match-point no sétimo game. A brasileira ainda evitou mais três bolas para o jogo da chinesa no game seguinte, mas não resistiu à sétima tentativa e foi eliminada.

Subscribe
Notificar
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
4 dias atrás

Resultado normal. 99% perde na primeira ou segunda rodada. Muito esforçada e nível técnico limitadíssimo.

Jackson
Jackson
4 dias atrás

Normal esse tipo de notícia…Facilita até escrever a notícia…É só dar Cltr C…Cltr V….A notícia é sempre a mesma…Perde..Perde..Perde..

Guilherme E.S. Ribeiro
Guilherme E.S. Ribeiro
4 dias atrás

Pigossi podia mais do que oitavas nestes últimos dois torneios. Chance desperdiçada de pontos importantes.

F.F.
F.F.
4 dias atrás

Torneio 125 è muito para ela
Fraca demais

Afonso camargo
Afonso camargo
4 dias atrás

Não sei pq continuamos acompanhando. Atleta já com 30 anos, é desse nível pra pior. É a tatjana maria brasileira, jogo fraquíssimo que as vezes enrola jogadoras mais jovens ou inexperientes.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE