PLACAR

Paul acaba com a festa de Giron e é campeão em Dallas

Foto: Dallas Open

Dallas (EUA) – Em uma final toda norte-americana, prevaleceu aquele com melhor currículo. Neste domingo, o top 15 e cabeça de chave número 2 Tommy Paul freou o embalo do surpreendente Marcos Giron e conquistou o título do ATP 250 de Dallas, marcando as parciais de 7/6 (7-3), 5/7 e 6/3 após 2h34 de partida.

Este é o segundo troféu da carreira do jogador de 26 anos, que já havia sido campeão no piso duro e coberto de Estocolmo em 2021. Atualmente na 15ª posição do ranking, Paul ganhará a posição do compatriota Frances Tiafoe e será o novo 14º colocado, dois lugares abaixo da sua melhor marca.

Já o experiente Giron, de 30 anos, perdeu a segunda final de ATP da carreira e continua em busca do primeiro título no circuito. Como consolo, o ex-número 49 do mundo sairá do atual 67º posto para o 52º na próxima atualização da lista masculina. Na campanha em Dallas, ele superou três cabeças de chave, dentre eles o australiano Max Purcell, o principal favorito Tiafoe e o francês Adrian Mannarino.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Diante de grande equilíbrio no primeiro set, ambos os jogadores aproveitaram muito bem os raros break-points e seguiram para o tiebreak após uma troca de quebras na primeira metade da parcial. No desempate, Paul levou a melhor.

Em mais um set bem disputado, os sacadores prevaleceram até o 11º game, quando Tommy Paul perdeu intensidade e Giron não desperdiçou a chance de abrir vantagem e fechar na sequência. Apesar de ter sido a mais curta do jogo, a parcial decisiva seguiu equilibrada e Paul aproveitou o único break-point em todo o set para selar a vitória e o título.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE