PLACAR

Osaka vence mais uma em Doha, Jabeur cai na estreia

Foto: Qatar Tennis Federation

Doha (Qatar) – Em seu segundo jogo no WTA 1000 de Doha, Naomi Osaka aproveitou o embalo da grande vitória sobre Caroline Garcia na estreia e conseguiu vencer mais uma. A japonesa superou nesta terça-feira a croata Petra Martic, 67ª do ranking, por 6/3 e 7/6 (11-9) em 1h47 de partida.

Em quatro torneios disputados neste retorno ao circuito depois de se tornar mãe no ano passado, Osaka vence duas seguidas pela primeira vez. A ex-número 1 do mundo e vencedora de quatro títulos de Grand Slam havia avançado uma rodada em Brisbane e caído nas estreias do Australian Open e também em Abu Dhabi.

Aos 26 anos, a japonesa aparece atualmente no 747º lugar da WTA, mas as duas vitórias em Doha já a ajudam a recuperar muitas posições e saltar para o 385º lugar. Ela entrou na chave em Doha com ranking protegido. Se vencer mais uma, voltará ao top 300.

Como tem sido comum nesse início de temporada, Osaka contou com o saque e a potência de seus golpes de fundo para se impor. E a cada torneio, já começa a se sentir mais à vontade na movimentação em quadra, além de ser mais efetiva nas devoluções de saque.  O primeiro set da partida teve apenas uma quebra, com a ex-líder do ranking aproveitando o único break-point que teve.

Já a segunda parcial teve duas quebras para cada lado, sendo que a japonesa chegou a sacar para o jogo quando liderava por 5/3. Ela não conseguiu fechar a partida naquele momento e precisou salvar quatro set-points no tiebreak para chegar à vitória. Osaka fez mais que o dobro de winners, 39 a 17 e cometeu 47 erros contra 31.

Tsurenko será a próxima rival da japonesa em Doha
A adversária de Osaka nas oitavas de final será a ucraniana Lesia Tsurenko, 37ª do ranking, algoz da tunisiana Ons Jabeur, número 6 do mundo, por 6/3 e 6/2. Foi a nona vitória contra top 10 na carreira de Tsurenko, a primeira desde 2019. A japonesa lidera o histórico por 2 a 1. Jabeur, que já entrou em quadra com uma proteção no joelho, só disputou três torneios neste começo de temporada e venceu apenas dois jogos.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

“É uma semana importante para mim. Sei que a Ons era a favorita do público, mas estava lutando muito e gostei muito da atmosfera da quadra, independentemente se estavam torcendo ou não por mim”, disse Tsurenko, que fez menos winners que Jabeur, 10 contra 18, mas cometeu apenas 11 erros contra 34 da rival. “Estava muito calma e focada, tentando colocar o máximo de bolas em quadra e sempre tentando fazer com que ela tivesse que dar um golpe a mais. E quando tive minhas chances fui mais agressiva”.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo
Marcelo
5 meses atrás

Ganhar da Jabeur hoje em dia não significa muita coisa.

Flávio
Flávio
5 meses atrás
Responder para  Marcelo

Marcelo a Jabeur caiu muito mesmo, agora a Martic acho que parece com o craque de bola Modric, e ela é croata como ele, então ninguém sabe se foram separados da mãe, né. kkkkkkkkkkkk

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE