PLACAR

Olívia Carneiro é finalista em La Paz e busca o 3º ITF

Olívia Carneiro (Foto: Luiz Cândido/CBT)

La Paz (Bolívia) – Brasileira mais bem colocada no ranking mundial juvenil, ocupando o 74º lugar, Olívia Carneiro garantiu vaga na final do ITF J200 de La Paz, em quadras de saibro na Bolívia. Principal cabeça de chave, ela venceu a peruana Francesca Bunikowska, 171ª colocada e cabeça 3, por duplo 6/3. Olívia disputará sua primeira final no ano e tem dois títulos de ITF na carreira.

A adversária de Olívia na final deste sábado será a a colombiana Maria Paula Vargas, de 18 anos e 161ª do ranking, que já tem seis títulos no circuito da ITF, dois deles este ano. O confronto com a brasileira é inédito no circuito.

Paulista de 17 anos, Olívia Carneiro está somando 140 pontos pela campanha e pode fazer 200 em caso de título. Sua menor pontuação entre as seis melhores campanhas válidas para o ranking é de 60 pontos. Olívia certamente terá seu melhor ranking, por volta do 60º lugar, e tem chance de aparecer no top 50 em caso de título.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Pela chave de duplas, o paranaense João Lago e o carioca Nicolas Oliveira ficaram com o vice-campeonato. Os brasileiros foram superados na final pelo peruano Luis Jose Nakamine e o boliviano Juan Carlos Prado Angelo, principais cabeças de chave, que marcaram 6/3 e 6/1. Oliveira segue com um título de duplas no circuito mundial juvenil da ITF, enquanto Lago já venceu dois torneios.

Thiago Santana é finalista dos 14 anos
Pela categoria 14 anos, Thiago Santana está na final depois de vencer uma disputa brasileira contra João Guilherme Faggioni por 5/7, 6/2 e 7/5. Ele enfrenta o argentino Demian Agustin Luna, algoz de Matheus Menegazzo por 6/1 e 7/5. Já o goiano Luis Augusto Miguel se retirou do torneio de 16 anos. Ele vinha de três vitórias na semana e cedeu a vaga direta na final para o paraguaio Cayo Narváez.

Thiago Santana foi campeão de duplas nos 14 anos ao lado do boliviano Matias Rivero Villena. Eles venceram na final o brasileiro Antonio Marques e o colombiano Samuel Pedraza por 6/3 e 7/6. Outro título de duplas veio com Sofia Albieri, nos 16 anos feminino. Ela e a boliviana Luciana Trigosso venceram a peruana Fernanda Escudero Villanueva e a argentina Sofia Meabe por 3/6, 6/3 e 10-6.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE