PLACAR

Nishikori desiste e Meligeni enfrenta australiano

Foto: Alex Smith/Atlanta Open

Nova York (EUA) – O japonês Kei Nishikori se retirou da disputa do US Open. O jogador de 33 anos está sem jogar desde o final de julho, em Atlanta. Ele sofreu uma recente lesão no joelho que o fez desistir de Washington e ficar fora do circuito nas últimas quatro semanas.

A desistência de Nishikori provocou uma mudança de adversário para Felipe Meligeni, único brasileiro na chave masculina de simples em Nova York. O paulista de 25 anos e 170º do ranking enfrentará o australiano James Duckworth, de 31 anos e 111º colocado, que entrou na chave como lucky-loser. O confronto é inédito no circuito e acontecerá na terça-feira.

O US Open seria o primeiro Grand Slam em dois anos para Nishikori. Finalista em 2014 em Nova York, o japonês ficou 20 meses sem jogar desde outubro de 2021 até junho deste ano e passou por cirurgia no quadril no ano passado. Logo no retorno às quadras, foi campeão do challenger de Palmas del Mar, em Porto Rico. Ele ainda jogou mais dois challengers antes de atuar em Atlanta e parar nas quartas.

Felipe Meligeni já garante 35 pontos na ATP por suas três vitórias no quali e um prêmio em dinheiro de US$ 81.500. O paulista de Campinas atingiu o melhor ranking da carreira em junho, quando ocupou a 129ª posição. Na temporada, ele já entrou em um Masters 1000 pela primeira vez, em Miami, e conseguiu uma inédita vitória na ATP em Los Cabos.

Caso supere o jogo de estreia em Nova York, Meligeni pode enfrentar o argentino Sebastian Baez, 42º do ranking, ou o croata Borna Coric, 29º colocado. O brasileiro perdeu o único duelo anterior contra Baez, numa final de challenger no Chile em 2021, enquanto um eventual encontro com seria inédito. Uma vitória no US Open rende mais 45 pontos na ATP e a premiação do tenista sobe para US$ 123 mil.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE