PLACAR

Na Alemanha, Pigossi conquista seu maior título nas duplas

Foto: Detlef Gottwald Fotografie

Wiesbaden (Alemanha) – Após dois anos e meio, a paulista Laura Pigossi voltou a conquistar um título no circuito de duplas. Jogando ao lado da britânica Samantha Murray Sharan, a brasileira venceu neste sábado o ITF W100 de Wiesbaden, em quadras de saibro na Alemanha, ao derrotar a japonesa Himeno Sakatsume e a bósnia Anita Wagner com o placar de 7/5 e 6/2 em 1h26 de partida.

Este é o 42º e o maior título da carreira profissional de Pigossi na prova de duplas, e o primeiro desde novembro de 2021, quando triunfou no W25 de Aparecida de Goiânia com a tcheca Anna Siskova. Dentre todas as conquistas da paulistana de 29 anos na especialidade, estão 12 troféus de nível W10, sete de W15, 21 de W25, um de W60 e agora o primeiro de W100.

Com a campanha no saibro alemão, Laura ganhará mais de 40 posições no ranking, subindo do atual 294º para o 253º posto, ficando a apenas cinco pontos do top 250. Sua melhor marca na carreira foi o 125º lugar em fevereiro de 2020. Também nas duplas, ela faturou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021 e o ouro no Pan-Americano de Santiago no ano passado, ambos com a conterrânea Luisa Stefani.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já a britânica Samantha Murray, parceira de Pigossi nesta semana em Wiesbaden, é a 185ª do mundo nas duplas e saltará para a 155ª posição na próxima segunda-feira, tendo como recorde pessoal o 76º lugar de 2022. Assim como a brasileira, este foi o maior título da carreira de Murray, chegando à 30ª conquista nas duplas e a segunda em 2024. Em fevereiro, ela havia vencido o W50 de Roehampton com a compatriota Freya Christie.

Final repleta de viradas

O início da partida deste sábado não poderia ser melhor para Pigossi e Murray, que confirmaram seu serviço de zero e obtiveram a primeira quebra do jogo já no segundo game. No entanto, elas não mantiveram a vantagem por muito tempo e viram as adversárias vencerem quatro games consecutivos e abrirem frente no placar. Na hora de fechar a parcial, no entanto, a japonesa e a bósnia foram muito mal e tiveram o saque quebrado sem vencer um único ponto. Com moral após a reação, a brasileira e a britânica passaram à frente, e, com um novo break, venceram o primeiro set.

Depois de largarem com uma quebra de desvantagem logo na abertura da segunda parcial, Laura e Samantha colocaram a cabeça no lugar e superaram o serviço de Sakatsume e Wagner por três vezes, garantindo assim a vitória e o título no saibro germânico.  A dupla da brasileira terminou a partida com bom aproveitamento de 71% dos pontos vencidos com o primeiro saque, apesar da baixa média de 39% com o segundo, além de quatro duplas faltas cometidas e nenhum ace em todo o jogo.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Andy Schmid
Andy Schmid
26 dias atrás

É, um bom dia no escritório…

Renato
Renato
26 dias atrás

Parabéns Laura, guerreira!!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
25 dias atrás

Grande Pigossi, que orgulho. treinando pra Olimpíadas. Parabéns

Gustavo
Gustavo
25 dias atrás

Deveria focar nas duplas.

O realista
O realista
25 dias atrás
Responder para  Gustavo

Sim. Mais possibilidades de troféus e glória.

Paulo A.
Paulo A.
25 dias atrás

E ela segue colecionando feitos! Importante é estar em ação, ganhando títulos e dólares. Parabéns.

Neto
Neto
25 dias atrás

Parabéns, Pigossi!!
Vamos em frente!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE