PLACAR

Murray: “Ver Alcaraz jogando tênis me faz sorrir”

Foto: Maria Christina Acosta

Miami (EUA) – A vitória do espanhol Carlos Alcaraz em sua estreia no Masters 1000 de Miami fez o britânico Andy Murray mais feliz. Após a partida do principal favorito ao título no torneio da Flórida, o ex-número 1 do mundo usou as redes sociais para comentar.

“Ver Alcaraz jogando tênis me faz sorrir”, escreveu Murray, impressionado com o desempenho do jovem espanhol em sua primeira partida no Hard Rock Stadium, na qual bateu o compatriota Roberto Carballes em sets diretos, com o placar final de 6/2 e 6/1.

A mensagem repercutiu e chegou aos ouvidos de Alcaraz durante a entrevista coletiva. O atual vice-líder do ranking foi questionado sobre a afirmação de Murray e comentou sobre o que disse o veterano de 36 anos e dono de três títulos de Grand Slam

“Como já disse muitas vezes, jogo para mim, jogo para a minha equipe, mas também gosto que as pessoas apreciem assistir aos meus jogos. É algo que tento fazer em todas as partidas. Para mim, isso é muito legal”, falou o espanhol sobre as palavras gentis de Murray.

“Para mim, é ainda melhor se uma lenda como o Andy diz algo assim, que gosta muito de assistir minhas partidas. É uma loucura, honestamente. Acho que ele viu muito tênis durante sua carreira, muitas partidas, muitos jogadores. Ver essas palavras dele é ótimo”, acrescentou Alcaraz.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gilvan
Gilvan
3 meses atrás

É bom ver que essa garotada da nova geração (Alcaraz, Sinner etc) está devolvendo o gosto das pessoas em ver uma bela partida de tênis. O amor vencerá!

Casagrande
Casagrande
3 meses atrás
Responder para  Gilvan

É nesse ponto que o Federer construiu sua carrera. O jogo era mais bonito na mão desse tipo de jogador. A supremacia de Djokovic as vezes sinto como a Alemanha de 74. Com beckenbauer que conseguiu vencer A Cruif e a Laranja Mecanica. Quem inspirou mais o mundo do futebol? Pra qual seleção torciam? As vezes penso nisso para entender o porque Dojoko não é tão querido como Roger. Talvez seja isso. Não somente o fato de ter chegado depois.

Shermann
Shermann
3 meses atrás

2 genios

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE