PLACAR

Murray explica troca de raquete: “As coisas mudam, o jogo mudou”

Foto: BNP Paribas Primrose

Genebra (Suíça) – O britânico Andy Murray chamou a atenção na semana que passou não pelo seu aniversário, completando 37 anos na última quarta-feira, e nem por sua volta ao circuito, disputando no challenger de Bordeaux seu primeiro torneio do ano no saibro, mas sim por estar usando uma raquete de uma marca diferente daquela que que sempre jogou.

Depois de anos jogando com uma Head, o ex-número 1 do mundo passou a usar a marca japonesa Yonex. Ele explicou a mudança aos jornalistas. “Quando perdi em Miami, fui a uma loja de esportes e comprei cerca de 10 raquetes. Comprei uma máquina para pesá-las, verificar o equilíbrio, o peso e balanço de cada uma”, contou Murray,

“Eu mesmo medi todas as raquetes. Era algo para fazer enquanto estava machucado. Experimentei muitas raquetes diferentes. Até as testei com Hawkeye quando pude”, acrescentou o britânico, que teve uma dura torção no tornozelo no Masters 1000 de Miami e ficou quase um mês fora de atividade.

Murray vê com naturalidade a tentativa por mudanças, mesmo na reta final de sua carreira. “Jogo com a mesma raquete há 20 anos e nesse tempo as coisas mudam, o jogo mudou. Também usei a mesma corda durante todo esse tempo”, comentou o escocês, que caiu na segunda rodada em Bordeaux e na próxima semana disputa o ATP 250 de Genebra.

Djokovic pode estrear contra Murray em Genebra

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Scott
Scott
26 dias atrás

Seria fantástico assistir Nole x Murray.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE