PLACAR

Murray celebra seus 37 anos com vitória no retorno ao circuito

Foto: BNP Paribas Primrose

Bordeaux (França) – Aniversariante desta quarta-feira, Andy Murray aproveitou as comemorações de seus 37 anos para marcar seu retorno ao circuito profissional. Ele estreou no challenger de Bordeaux, em quadras de saibro na França, com vitória sobre o jovem anfitrião de 22 anos e 219º do ranking Kyrian Jacquet. O britânico liderava o placar por 7/5 e 2/0 quando o adversário se retirou da partida por lesão no adutor.

Murray estava sem jogar desde o Masters 1000 de Miami, em março, quando sofreu uma lesão no tornozelo. Ex-número 1 do mundo, bicampeão olímpico e vencedor de três Grand Slam, ele aparece atualmente no 77º lugar do ranking. Na atual temporada, ele acumula cinco vitórias em nível ATP e agora tem mais essa em challenger.

Disposto a seguir competitivo no alto nível do circuito, Murray aproveita essa semana para fazer um teste com novos equipamentos. Depois de ter utilizado raquetes da Head durante a maior parte de sua carreira, o britânico vai jogar o torneio com material da fabricante japonesa Yonex. A equipe do tenista diz que após o período testes, ele irá decidir se fará ou não uma troca definitiva das raquetes.

Em quadra, Murray fez um primeiro set muito seguro nos games de saque e não enfrentou break-points. O britânico também foi muito sólido do fundo de quadra brindou o público francês com lances que marcaram sua carreira, com destaque para a já característica combinação entre curtinha e um lob.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

O set inicial teve apenas uma quebra. E depois de estar perdendor por 5/4, Murray venceu 12 dos últimos 13 pontos da parcial. Já no início do segundo set, ele voltou a quebrar e escapou de um 15-40 para abrir 2/0. Na sequência, o francês se retirou da partida, relatando o problema no adutor. Murray agora enfrenta o francês Gregoire Barrere, 115º do ranking.

Wawrinka também estreia com vitória

Outro jogador de destaque a vencer na rodada foi o suíço Stan Wawrinka, ex-número 3 do mundo e atual 87º do ranking aos 39 anos. Ele superou o espanhol Bernabe Zapata Miralles, 178º colocado, por 7/5 e 6/3.

O adversário de Wawrinka nas oitavas de final será o espanhol Pedro Martinez, cabeça 2 do torneio e 51º do ranking. O suíço venceu o único duelo anterior, válido pelo ATP de Acapulco em 2020.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Francisco Tavares
Francisco Tavares
10 dias atrás

Go Murray&Wawa

Gusmão
Gusmão
10 dias atrás

Força Murray.
Força Stan.

Rafaela Nadalina
Rafaela Nadalina
9 dias atrás

Escolheu uma ótima opção de raquete. Não vai voltar mais pra Head, com certeza.

Rafael
Rafael
9 dias atrás
Responder para  Rafaela Nadalina

Verdade , essa é mais amigável

Andrade
Andrade
9 dias atrás
Responder para  Rafaela Nadalina

Estranho ver Murray com uma Yonex Ezone..kkkkk.Na verdade, quase sempre, é só a “pintura”, porque, em regra, as especificações das raquetes dos profissionais são completamente diferentes das que compramos nas lojas.

trackback

[…] Recuperado recentemente de lesão no tornozelo, que o tirava de quadra desde março em Miami, Murray jogou o challenger de Bordeaux e caiu nas oitavas. Ele também fez uma troca de […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE