PLACAR

Monteiro: “Muito orgulhoso em fazer parte deste time”

Foto: Andre Gemmer/Greenfilmes

Helsingborg (Suécia) – O Brasil está classificado para a fase final de grupos da Copa Davis, pela primeira vez, desde o novo formato criado em 2019. Para garantir sua vaga, a equipe brasileira venceu a Suécia, por 3 a 1, fora de casa. Depois de terminar a sexta-feira empatado em 1 a 1, o time capitaneado por Jaime Oncins venceu as duas partidas deste sábado e definiu a série por 3 a 1.

O dia começou com a vitória nas duplas do gaúcho Rafael Matos e do paulista Felipe Meligeni sobre Filip Bergevi e Andre Goransson, por 6/2 e 7/5. “Feliz de ter conseguido esse ponto para o Brasil. Era um jogo muito difícil, primeira vez que jogamos um ponto desse no 1 a 1”, contou Meligeni. “A energia foi fundamental, tanto a nossa quanto a do time fora de quadra apoiando”, completou Matos.

Em seguida, o cearense Thiago Monteiro (119º do mundo), que já havia triunfado no dia anterior, entrou em quadra para buscar o terceiro ponto do Brasil e selar a vitória no confronto por 3 a 1. O brasileiro começou em desvantagem, perdendo o primeiro set contra Elias Ymer (160º). No segundo set, com confiança, conseguiu empatar a partida e ditou o ritmo no terceiro set, vencendo por 4/6 e 6/4 e 6/2.

Com o resultado de hoje, Monteiro alcançou a 12ª vitória em 23 jogos pela Copa Davis e enalteceu o trabalho da equipe. “Estou muito feliz de conseguir ajudar o Brasil a se classificar para a fase final da Copa Davis. Desde a minha estreia no time, em 2016, era um grande sonho contribuir para isso. O sonho foi realizado, todo o time se empenhou, lutou muito e se entregou até o final. Sem dúvidas, sem o trabalho e o empenho de todos, nada disso seria possível. Estou muito orgulhoso em fazer parte deste time e agora vamos para o Finals”.

O capitão Jaime Oncins destacou o espírito de equipe na conquista desse resultado tão importante para o tênis brasileiro. “Esse momento, com certeza, vai ficar gravado na memória de todo mundo. Eu só tenho a dizer que tenho um orgulho muito grande deste time, todos os jogadores comprometidos, deixaram suas coisas de lado para estarem aqui, numa união muito grande e com um objetivo único que era vencer”, destacou Oncins.

A fase de grupos da Copa Davis acontece entre os dias 10 e 15 de setembro, em local a ser definido. O Brasil precisará ficar entre os oito melhores para disputar a grande final, em novembro, em Málaga, na Espanha.

Resumo de Suécia 1 x 3 Brasil:

Thiago Monteiro (BRA) d. Karl Friberg (SUE) – 6/3 7/6(5)
Elias Ymer (SUE) d. Gustavo Heide (BRA) – 4/6 6/1 6/3
Rafael Matos (BRA)/Felipe Meligeni (BRA) d. Filip Bergevi (SUE)/Andre Göransson (SUE) – 6/2 7.5
Thiago Monteiro (BRA) d. Elias Ymer (SUE) – 3/6 6/4 6/2

Monteiro vira e classifica Brasil pela 1ª vez para a fase de grupos

Matos e Meligeni vencem e recolocam o Brasil na frente

13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
alcides
alcides
5 meses atrás

Parabéns grande Thiago e toda equipe! Faz tempo que a gente não comemorava uma vitória tão significativa!!!

Bukele
Bukele
5 meses atrás
Responder para  alcides

Esperando os ceguetas do Rio Open darem o merecido convite pro Monteiro não precisar jogar qualy. Pq só ele e o Wild podem realisticamente ganhar jogos num ATP 500. Tão passando vergonha fazendo ele jogar qualy

Paulo A.
Paulo A.
5 meses atrás

Bravo, Thiago!!

Gusmão
Gusmão
5 meses atrás

Força Brasileiros para a fase final.

Daniel Macedo
Daniel Macedo
5 meses atrás

Parabéns Thiago, parabéns Faber, parabéns Ceará, parabéns Brasil!!!

Faber Monteiro
Faber Monteiro
5 meses atrás
Responder para  Daniel Macedo

Milhões de Abraços, Daniel!!!

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
5 meses atrás

Noso jogador numero 1. Nao importa ranking, este e o nosso melhor jogador , thiago vc e foda.

Leo, o realista
Leo, o realista
5 meses atrás

O Brasil na Davis é uma eterna gangorra. Pega um adversário fraco e sobe, daí no próximo confronto desce, depois rala um pouco e sobe de novo… E assim caminha a humanidade

Última edição 5 meses atrás by Leo, o realista
Leonel
Leonel
5 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Leo. Essa Davis houve mudanças e não agradou muita gente. Com o Wild seria fácil a vitória porém o oncins arriscou muito ao trocar o Meligeni pelo Heide. O Heide tá verde demais pra partida contra os Suecos. Quase complicou o Monteiro ter perdido 1 set pro YmerUfa. Próxima fase tem que ter o Wild.

Pedro
Pedro
5 meses atrás
Responder para  Leonel

Wild realmente é muito confiável. Kkk
Prefiro o monteiro

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
5 meses atrás

Parabéns Brazucas. Deixaram o suor e foram recompensados. Merecem todos os elogios, eu estou orgulhoso fo time.

João Cesar pavan
5 meses atrás

Viva o Brasil,e os que acreditam nele
Valeu Tiago valeu oncins.

Fernando S P
Fernando S P
5 meses atrás

Duas grandes vitórias fora de casa (na Dinamarca e na Suécia – um feito notável para o Brasil). Aplausos para todo o time, em especial Thiago M. e Oncins (foi um grande tenista e parece ser um treinador excepcional).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE