PLACAR

Monteiro vira e classifica Brasil pela 1ª vez para a fase de grupos

Foto: Andre Gemmer/Greenfilmes

Helsingborg (Suécia) – Em duelo dos dois melhores de suas equipes, o sueco Elias Ymer não aproveitou o fator casa e acabou derrotado pelo cearense Thiago Monteiro, que mostrou força e resiliência para buscar uma incrível virada sobre o rival, fechando o jogo com o placar final de 4/6, 6/4 e 6/2, depois de 2h24 de batalha.

Com o resultado do segundo jogo deste sábado, o Brasil garantiu a classificação pela primeira vez para a fase de grupos da Copa Davis, desde que a competição teve seu formato alterado em 2019. Agora, o time capitaneado por Jaime Oncins espera a definição dos demais times e sorteio para saber quem serão seus rivais na disputa que acontece entre os dias 10 e 15 de setembro,

O primeiro set foi bastante equilibrado e definido nos detalhes, ambos terminando com 62% de aproveitamento de saque. Embora Monteiro tenha conseguido uma bola vencedora a mais (7 a 6) e cometido três erros não forçados a menos (11 a 14), ele acabou levando a pior, com duas quebras contra e apenas uma a favor.

Ymer saiu na frente e abriu 3/1 com uma quebra no quarto game, mas a resposta veio em seguida, quando o cearense devolveu o break para depois deixar tudo igual em 3/3. Monteiro por pouco não sacou em 5/4 para fechar, mas desperdiçou o break-point que teve no nono game e no décimo acabou perdendo o saque para perder a parcial.

A partida seguiu parelha no segundo set, que começou com duas quebras seguidas, primeiro a favor de Monteiro e depois para Ymer, que deixou tudo igual. A igualdade se manteve até a reta final, quando o cearense enfrentou três break-points no oitavo game e salvou todos. Em seguida, ele pressionou o saque do sueco e conseguiu a quebra. Sacando em 5/4, Thiago confirmou e empatou o jogo.

Na terceira e decisiva parcial, o brasileiro começou deixando escapar dois break-points logo no primeiro game, mas depois disso dominou as ações na sequência e venceu os próximos cinco games, com duas quebras consecutivas. Com confortável vantagem, ele apenas precisou administrá-la até o final para selar a virada e a classificação inédita do Brasil.

Monteiro apostou mais na consistência do que na agressividade para buscar a vitória. Ele terminou a partida com 11 bolas vencedoras a menos (21 a 32), mas compensou com folga nos erros não forçados, cometendo menos da metade que Ymer (23 a 47). O cearense ainta teve melhor desempenho com o saque, venceu 66% dos pontos contra 57% do rival.

Matos e Meligeni vencem e recolocam o Brasil na frente

34 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Scott
Scott
18 dias atrás

Hoje o decrépito Cabelo de Boneca deve ter surtado com o Monteiro, a quem considera muito acima de suas capacidades.

Bom, justiça seja feita: o mental que normalmente lhe falta, sobrou hoje para encarar a pressão e a situação do jogo em que se encontrava.

Ganha o tenis brasileiro, tão combalido e melancólico, mas beliscando alguns bons resultados na Davis – noves fora o péssimo time trazido pelos suecos.

Carlos Eduardo Siqueira
Carlos Eduardo Siqueira
18 dias atrás
Responder para  Scott

Cara, quem ataca o Thiago Monteiro é o FF e o Álcool em Gel e uns outros tapados.
Thiago Monteiro tem que ser respeitado, mas, tem uma turminha, liderada por esses dois frustrados, que adoram atacar o atleta.
Chorem haters.

Paulo A.
Paulo A.
18 dias atrás
Responder para  Scott

Thiago macetou!!!

Renan Esteves
Renan Esteves
18 dias atrás

Valeu muito pela vitória! Achava que o Monteiro iria perder esse jogo e jogar a responsabilidade pro Heide. Em setembro, poderemos ter o Wild no elenco e aí é tentar se divertir ao máximo nesse torneio, sem esperar muito. Pelo menos, o que importa é a classificação, mesmo sabendo que a chance de enfrentar times bem mais cascudos é grande e com grandes possibilidades de ser saco de pancada no grupo que cair.

André Aguiar
André Aguiar
18 dias atrás
Responder para  Renan Esteves

Se o Wild fez corpo mole nessa rodada decisiva, não deveria ser convocado para a próxima.

Daniel Macedo
Daniel Macedo
18 dias atrás
Responder para  André Aguiar

Exatamente

Thiago Wild
Thiago Wild
18 dias atrás
Responder para  André Aguiar

Pois é, já que a chance de o Brasil ganhar a Davis é zero, então que leve quem realmente se importou com o torneio.
Não sei se a galera da Federação de Tênis acompanha esse site, mas se acompanha saibam que vcs tem que se valorizar, e chamar o Wild é se rebaixar.

Alexandre
Alexandre
18 dias atrás

Tem que respeitar Thiago Montero, sempre na luta

Bukele
Bukele
18 dias atrás
Responder para  Alexandre

O absurdo maior é os cegos do Rio Open não darem convite pro Monteiro. Tirando ele e o Wild, é 99% de chance do resto ser eliminado na 1a rodada. Birrinhas pessoais ou fantasias que convidar “jovens promissores” é melhor não vão mudar essa realidade.

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
18 dias atrás

Excelente demais. Primeira vez que o Brasil vai disputar essa fase final da Davis com esse novo formato. Fazia muito tempo que não atingíamos uma fase mais adiantada da competição. E olha que nem contamos com o número 1 da nossa equipe. Valeu demais. Agora que fase complicada a Suécia vem atravessando nos últimos anos. Pra uma nação que chegou a ter ao mesmo tempo Mats Wilander e Stefan Edberg na equipe (os dois entre os 3 melhores do mundo na época), além de Borg, Norman, Gustafsson, Soderling e tantos outros grandes tenistas, essa entressafra atual tá bem sofrida pro torcedor de lá acompanhar.

Thiago Wild
Thiago Wild
18 dias atrás
Responder para  JONY MARCIO SANTOS

É o grande problema de países com população baixa, vivem de gerações, depois de um tempo não vai aparecer ngm, e depois vai vim alguns. Diferente de uma Espanha da vida, que sempre vai aparecer alguém.

Fábio H
Fábio H
18 dias atrás

Monteiro merece nosso respeito. Muitos o criticam mas é admirável seu empenho. Tomara q retorne ao top 100 em 2024.

Arajaribu
Arajaribu
18 dias atrás

Monteirão rei da quadra dura hehehe… parabéns a toda equipe pelo belo resultado conquistado!! Jogar fora de casa nunca é fácil…

Aristóteles
Aristóteles
18 dias atrás

Subiu o nível em comparação com o primeiro jogo.
Parabéns.

andré
andré
18 dias atrás

Grande Monteiro, mais uma vitória na raça em partida fora de casa. Enquanto os haters ficam queimando a cabeça pensando em como desdenhar o feito do cearense, ele segue levando o Brasil resultados inéditos.

Luiz Fernando
Luiz Fernando
18 dias atrás

Sensacional Monteiro, muito orgulho moleque “vamo”

Jorge Luiz
18 dias atrás

Valeu Monteiro, herói do Brasil

Gusmão
Gusmão
18 dias atrás

Parabéns Monteiro.

Força Brasileiros.

Cadê os organizadores do Rio Open, que não deram o convite para o Monteirao da Massa.

E a CBT que prejudica o tênis Brasileiro, deixando de realizar torneios ITF no Brasil.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
18 dias atrás

Eu avisei lah na 5a.feira, seria 4×0 ou 3×1 pra nos…. podem procurar. Com um pouco mais de experiencia o Heide ganhava do Ymer tb. Prefiro ele do que o Wild ( mimadinho que foge). Monteirao da Massa calou os criticos e haters que soh sabem torcer contra. Melhor Heide e Fonseca, preparar para o ano que vem , visto que vai ser dificil ficar entre os 8 agora… mas as vezes … Imagino a alegria do time… o sarrafo subiu, mas vale a pena. Monteiro eh Brasil e Brasil eh Monteiro, Heide, Fonseca, Meligeni e Matos.. PArabens Oncins pelas escolhas, nao eh facil , mas alem de excelente tenista, estah sendo um excelente tecnico.

Márcio
Márcio
18 dias atrás

Excelente vitória! Adversário difícil e jogando em casa o que sempre é um complicador! Parabéns, ao Thiago e a tod time brasileiro!!

Jan
Jan
18 dias atrás

O cearense Monteirão da massa garantiu o Brasil na fase final da Davis! Vamos valorizar o feito dele, dos duplistas e o amadurecimento de Heide!

Daniel Macedo
Daniel Macedo
18 dias atrás

Monteirāo coraçāo de leāo, raquete 1 moral do tênis masculino brasileiro! Parabéns!

Gusmão
Gusmão
18 dias atrás
Responder para  Daniel Macedo

Na atual temporada ele está na liderança dos jogadores Brasileiros no ranking Atp de Simples.

Ubiratan (Black)
18 dias atrás

Até no 1S Monteiro tava melhor. Mas o sueco levou ao fazer uma quebra a mais no final.
Resistiu bem a quebra no 2S e deu um passeio no último.
Parabéns, Time Brasil!!

Jose Carlos
Jose Carlos
18 dias atrás

Nao faz o menor sentido cogitar a convocação de Wild para as finais. Quem nao quis desinfetar penico na Escandinávia no inverno nao merece chegar do nada e ja sentar na janelinha. Jaime Oncins e a CBT vao se desmoralizar de vez se forem por esse caminho sordido e facil.

Última edição 18 dias atrás by Jose Carlos
João Cesar pavan
18 dias atrás

Espero que a mídia de mais atenção
Ao tênis masculino

Maroc Ponti
Maroc Ponti
18 dias atrás

Para a maioria dos comentaristas deste site fazem nossos esportistas ir do ceu ao inferno e vice-versa. Se perdem são os piores e toma critica, mas se ganham são os melhores. Não temos historia de confiarmos em nossos atletas. Alias estamos. acostumados a nao dar valor nenhum em nossa historia. Não foram os baianos esta semana deixar um casarão histórico desmoronar por si próprio? Cade a organizado de proteção ao patrimônio nacional? Nossa historia no inicio era contada pela necessidade de ir para Portugal adquirir conhecimento.

Leo, o realista
Leo, o realista
18 dias atrás
Responder para  Maroc Ponti

Discordo. Percebo que dão valor até demais para os esportistas. Legião de pessoas seguindo nas redes, nas ruas, pessoas buscando autógrafos e fotos. Um atleta fala um “a” e as pessoas já aplaudem. Não se pode fazer uma crítica…
O que acontece é que o tenis não tem tanta relevância no Brasil, que é mais voltado ao futebol, surf e outros, então vc tem a percepção errônea de que não são valorizados. A maioria não desaparece, continuam muito bem valorizados, sendo indo pra tv ou pra política.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
18 dias atrás

Parabéns Thiago Monteiro,vai Brasil!!!

Refaelov
Refaelov
18 dias atrás

As duplas foram fundamentais pra nos darem a dianteira e deixar o Monteiro com menos pressão nos ombros pra esse 4° jogo.. ainda sim o Cearense mostrou mta cabeça dos seus 2 jogos nesse confronto para sair de situações espinhosas..

A gente questiona demais(e com razão) nossa baixíssima quantidade de jogadores no top 300 atualmente mas, tbm tem q saber elogiar e comemorar esse bom momento na Davis(2 vitórias seguidas fora de casa e em Hard Indoor.. nem sei se o Brasil já havia feito uma sequência dessas anteriormente )..

Vai ser interessante ver o nosso time na fase final em Setembro, com um bom sorteio, temos possibilidades de avançar na fase de grupos sim..

Ricardo
Ricardo
18 dias atrás

Que orgulho de você Monteiro !!! Siga o conselho do Bellucci quanto aos haters ! abs

Thiago Mota
Thiago Mota
18 dias atrás

Cadê os que criticam o Monteiro ?

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
17 dias atrás

Pelo amor de Deus, “Cabelo de Boneca” aquele das estatísticas não invoque este lunático por aqui. Sai!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE