PLACAR

Mensik supera Monfils e decide o título contra Khachanov

Jakub Mensik (Foto: Qatar ExxonMobil Open)

Doha (Qatar) – Grande surpresa desta edição do ATP 250 de Doha, o tcheco Jakub Mensik está na decisão do torneio. Com mais uma vitória de peso na competição, ele superou o ex-top 6 Gael Monfils pelo placar de 6/4, 1/6 e 6/3 em 1h54 de partida, e desafiará o russo Karen Khachanov, atual número 17 do mundo, na busca pelo seu primeiro título na elite do circuito.

Aos 18 anos e 5 meses de idade, Mensik ocupa hoje a 116ª posição do ranking e fará sua estreia no top 100. Neste momento, está saltando para o 86º lugar, mas pode alcançar o top 80 em caso de título. Como profissional, ele tem um único troféu de ITF, conquistado no M15 de Bytom, na Polônia, em 2022.

Além disso, o jovem tcheco é o mais jovem finalista de ATP desde o espanhol Carlos Alcaraz em Umag há três anos, e é o quinto com menos idade a decidir um título desde 2005, atrás apenas do próprio Alcaraz (18 anos e 2 meses), do japonês Kei Nishikori (18 anos e 1 mês, em Delray Beach 2008), do norte-americano Taylor Fritz (18 anos e 3 meses, em Memphis 2016) e do britânico Andy Murray (18 anos e 4 meses, em Bangkok 2005).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Mensik começou o duelo sendo pressionado por Monfils, que acabou desperdiçando três break-points consecutivos no segundo game. Depois disso, no entanto, o tcheco passou a jogar mais solto e não sofreu ameaças até o fim da parcial. Com uma quebra no quinto game, administrou bem a vantagem e fechou o set com um game de saque em que não perdeu pontos.

Na segunda parcial a história mudou, e foi o experiente francês quem ditou o ritmo, vencendo 11 dos 12 pontos em que acertou o primeiro serviço. Além disso, Monfils explorou bastante o segundo saque de Mensik, que ganhou apenas um dos sete pontos disputados nessas condições.

O terceiro e decisivo set teve uma troca de quebra já nos primeiros games e seguiu imprevisível até o fim. Foi então no oitavo game que o tcheco conseguiu a quebra definitiva e sacou na sequência para liquidar o jogo.

Khachanov tentará seu sexto título
O adversário de Jakub Mensink na decisão de Doha será o russo Karen Khachanov, que bateu um pouco mais o australiano Alexei Popyrin com parciais de 7/6 (14-12) e 6/2 em 1h48 de confronto. Cabeça de chave número 2 do torneio, Khachanov jogará sua primeira decisão desde a conquista do ATP 250 de Duhai em setembro. Na atual temporada, ele já havia disputado três torneios e teve como melhor resultado a semifinal em Marselha, no início do mês.

Em sua oitava final, o russo busca o sexto título da carreira. Curiosamente, todos os outros foram conquistados sobre quadra sintética, mesmo piso utilizado no Qatar. Atualmente na 17ª posição do ranking, Khachanov está recuperando dois lugares. Mesmo se for campeão não conseguirá avançar mais do que isso.

A partida contra Popyrin começou bastante equilibrada, e foi o australiano que conseguiu a primeira quebra, no terceiro game. Somente no oitavo é que Khachanov conseguiu empatar o jogo, quebrando o adversário de zero. A definição foi para o tie-break e o russo chegou abrir 4-0, mas permitiu a reação do rival. A partir daí houve um sequência de set-points para ambos os lados e somente após pouco mais de uma hora de batalha é que o ex-número 8 do mundo fechou o set.

Embalado, o russo começou melhor a segunda parcial e conseguiu a primeira quebra já no terceiro game. Após salvar break-points no quarto e no sexto, ele voltou a superar o serviço de Popyrin no sétimo e liquidou a vitória no oitavo, em seu segundo match-point.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo
Paulo
1 mês atrás

Fonseca vai desbancar esses records todos aí nesse Rio OPEN.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE