PLACAR

Melo e Matos superam a estreia e enfrentam algozes de Romboli

Foto: Cedric Lecocq/FFT

Paris (França) – A estreia do mineiro Marcelo Melo e do gaúcho Rafael Matos em Roland Garros não foi nada fácil, os alemães Constantin Frantzen (60º) e Hendrik Jebens (61º) deram trabalho, mas não evitaram a derrota em três sets. Nesta sexta-feira, os brasileiros lutaram por 2h59 para superar seu primeiro obstáculo na competição, marcando placar final de 7/6 (7-4), 4/6 7/6 (11-9)

Na segunda rodada, a dupla 100% brasileira terá pela frente os algozes do compatriota Fernando Romboli, que aos 35 anos de idade fez sua estreia em Grand Slam ao lado do húngaro Fabian Marozsan, perdendo na primeira rodada em Paris para os cabeças de chave 11, os italianos Simone Bolelli e Andrea Vavassori com parciais de 6/4 e 6/0, em exata uma hora de partida.

Provável dupla brasileira nos Jogos de Paris, Melo e Matos jogaram juntos em Genebra, uma semana antes de Roland Garros e irão manter a dupla até a disputa olímpica, permanecendo juntos na temporada de grama. Eles também jogaram juntos no Masters 1000 de Xangai, no ano passado, e conquistaram agora a primeira vitória lado a lado.

Jogo definido nos detalhes

O mineiro e o gaúcho saíram na frente e venceram um primeiro set bastante disputado, no qual abriram uma quebra de vantagem no sétimo game, mas perderam o saque de volta na sequência. Eles tiveram um set-point contra no 10º game e se salvaram para levar a definição ao tiebreak, no qual saíram de 2-4 para vencer cinco pontos seguidos e fazer 1 a 0.

Na segunda parcial, Melo e Matos deixaram escapar dois break-points no sexto game e acabaram pagando caro. Eles foram quebrados no nono, quando os germânicos abriram 5/4 e sacaram para fechar. O mineiro e o gaúcho até tiveram três chances de devolver o break, mas não converteram e acabaram superados por Frantzen e Jebens.

Com tudo igual, os alemães abriram o terceiro set com quebra logo no primeiro game, mas a resposta veio em seguida com Melo e Matos mantendo a parcial empatada. Os brasileiros tiveram o primeiro match-point no décimo game, no saque dos rivais, que se salvaram e levaram a definição para o tiebreak, que novamente caiu para o lado do mineiro e do gaúcho.

Zormann e Orlandinho entram nas duplas e jogam seu 1º Slam

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Tiago PW
Tiago PW
18 dias atrás

Q jogo duro!

Deve ter dado uma satisfação imensa no término do jogo!

Espero q eles consigam se entrosar bem e irem bem em todos os torneios para chegarem às Olimpíadas bem preparados!

Se eles conseguirem uma medalha olímpica será um belíssimo prêmio para marcar esta carreira tão vitoriosa do nosso querido Giraffa!

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
17 dias atrás

Parabéns pela vitória.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE