PLACAR

Meligeni derruba 62 do mundo e anota maior vitória da carreira

Foto: Nicolas Averty/Open Aix Provence Crédit Agricole

Aix-en-Provence (França) – Embalado após furar o qualificatório do forte challenger de Aix-en-Provence, o paulista Felipe Meligeni estreou na chave principal com uma grande vitória. Nesta quarta-feira, ele derrotou com autoridade o australiano Aleksandar Vukic, oitavo favorito e atual 62 do mundo, marcando parciais de 6/2 e 6/3 em apenas 1h14.

Na segunda rodada, Felipe espera pelo vencedor da partida entre o o norte-americano Aleksandar Kovacevic , 97º colocado no ranking, e o monegasco Valentin Vacherot 131º na ATP. Apesar das duas vitórias no quali e de uma na chave principal, o paulista está perdendo três lugares no ranking e precisa avançar uma rodada a mais para tentar manter a 128ª colocação.

Esta foi a maior vitória da carreira de Meligeni, a quinta contra um top 100. Antes de derrotar Vukic em sets diretos no saibro francês, o paulista tinha como maior resultado o triunfo sobre o argentino Pedro Cachin (então 76 do mundo) na primeira rodada do Rio Open deste ano.

Meligeni teve início arrasador na partida

Com ritmo após dois jogos na fase classificatória, o campineiro começou melhor na partida e venceu oito dos 10 primeiros pontos, anotou quebra no game inicial e abriu 2/0 em seguida. Firme com o saque, vencendo 76% dos pontos disputados, ele não cedeu um break-point sequer e ainda anotou nova quebra, no sétimo game, para ampliar a vantagem.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Depois de uma grande atuação para vencer a primeira parcial, Meligeni manteve o ritmo na segunda. O aproveitamento com os serviços caiu um pouco, para 61%, e no quarto game ele enfrentou o primeiro break-point contra, que salvou e manteve o saque intacto.

A resposta veio em grande tom, com duas quebras consecutivas, que levaram o paulista a sair de 1/2 para abrir 5/2. No oitavo game, Vukic chegou a enfrentar um match-point, mas teve dois break-points a seu favor e converteu o segundo, devolvendo uma das quebras. Porém, o australiano foi pressionado no seu game de serviço seguinte, Meligeni teve mais seis match-points e no último selou a vitória.

19 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
18 dias atrás

Boa Felipe, vitória grande demais,agora é hora de manter o embalo e avançar mais no torneio.

Eduardo Luís Coelho
Eduardo Luís Coelho
18 dias atrás
Responder para  Matheus Ferreira

Sibal que nossos tenistas estão brilhando cada vez mais. No próximo entre firme.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
18 dias atrás

é uma anomalia esse Vukic estar no top100 … fraco demais.. tem nível de top300 no máximo…

Blumenau Coleções
Blumenau Coleções
18 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

O que com certeza não desmerece a vitória do Felipe.

Leonel
Leonel
18 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Aí entra o cérebro pra fazer bons calendários onde vc marca pontos e ranking sem ter um jogo top100. Talvez esses cérebro falte pra alguns atletAz nossos que são mal assessorados.

Guilherme
Guilherme
18 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

Para estar lá tem que fazer resultado, ranking não mente.

Paulo Mala
Paulo Mala
18 dias atrás
Responder para  Federer eterno GOAT

E eu nunca ouvi falar desse Vukic… E acompanho bastante tenis, mas torneios atp, não challenger…
Provavelmente ganhou esses pontos em challenger, como fez pra subir o Monteiro

Bernardo
Bernardo
18 dias atrás
Responder para  Paulo Mala

Vukic ganhou set do Djokovic em Indian Wells nesse ano

Paulo Mala
Paulo Mala
18 dias atrás
Responder para  Bernardo

Tambem nao acompanho o Djokovic pq enjoou o estilo dele, mas sei que está num ano bem fraco e de dúvidas. É natural que perca sets e partidas mesmo para tenistas não tão talentosos

Jorge Luiz
18 dias atrás

Excelente

Cesar Augusto Bandeira Groff
Cesar Augusto Bandeira Groff
18 dias atrás

Fico de cara mesmo com alguns tenistas no TOP 100… a questão não e como chegam la mas sim com conseguem se manter nesse patamar.

Hals
Hals
18 dias atrás

É bem simples: basta ganhar jogos. E pra isto tem q ser competente.

Blumenau Coleções
Blumenau Coleções
18 dias atrás
Responder para  Hals

Isto é lógico, rsrsrsrsrs

Blumenau Coleções
Blumenau Coleções
18 dias atrás

De repente a escolha certa e estratégica de torneios podem muito bem possibilitar a conquista de pontos suficientes para se manter na zona do agrião.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
18 dias atrás

E Uma questao Mathematica, tem que fazer mais que 700 pontos em 53 semanas.

Beto_poa
Beto_poa
18 dias atrás

se chama REGULARIDADE e é muito difícil de manter isso o ano todo…, ficou de cara também quando o Monteiro ganhou do Tsitsipas ?

João Sawao ando
João Sawao ando
18 dias atrás

Vamos felipe

Profeta do Caos
Profeta do Caos
18 dias atrás

Esse challenger poderia facilmente virar um atp 250

CARLOS LIMA
CARLOS LIMA
18 dias atrás

Baita Vitória em um challenger dificilimo nivel atp 250

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE