PLACAR

McEnroe afirma que Djokovic recebe um tratamento injusto

Foto: FFT

Londres (Inglaterra) – A participação de Novak Djokovic neste ano em Wimbledon ainda é uma incerteza, com o sérvio correndo contra o tempo para tentar estar bem fisicamente para a competição, depois de passar por uma cirurgia no joelho. O que parece certo, pelo menos para o norte-americano John McEnroe, é o tratamento injusto que o dono de 24 títulos de Grand Slam recebe.

McEnroe acha que Djokovic sofre de uma imagem que merece mais do que tem atualmente, principalmente em comparação com seus dois grandes rivais. “ Rafa (Nadal) e Roger (Federer) têm reputações lendárias e merecem isso. Foram incríveis, personificam a classe. Mas Novak não só os igualou, como também os superou”, disse o norte-americano em entrevista ao Metro.

“Djokovic fez o que parecia impossível. Roger e Rafa têm amor e respeito, mas Novak recebe um tratamento injusto”, acrescentou McEnroe, que acredita que isso se deu porque ‘Novak’ apareceu depois dos outros dois na rivalidade. “Eles não tiveram que assumir os papéis de mocinho e bandido (entre si). Ambos eram mocinhos. Djokovic, o terceiro homem, cronologicamente falando, teve que persistir”.

Por causa disso, McEnroe vê o sérvio sem receber o devido reconhecimento, embora venha sendo o grande destaque do circuito nos últimos anos. “Acho que você precisa de um cara mau, de certa forma, isso só pode ajudar o esporte quando você tem rivalidades como essa. Honestamente, acho injusto, porque ele (Djokovic) é ótimo no tênis. Dentro e fora da quadra”, finalizou o norte-americano.

98 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
26 dias atrás

O que importa são os títulos e recordes. Tênis é esporte e não batalha de imagem ou bom mocismo.

Oscar Riote
Oscar Riote
26 dias atrás
Responder para  Paulo Sérgio

Concordo parcialmente. Outras coisas como caráter ou carisma não devem ser levados em consideração mesmo.
Mas muito mais que títulos, temos que considerar a importância e representatividade dentro de quadra. Djokovic é um tenista de jogo genérico que conseguiu a excelência de alguma forma.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Você tem a consciência de que isso é apenas a sua opinião? Tênis genérico que venceu 24 slam, 7 atp finals e 40 masters 1000? Tome um calmante e depois reflita sobre a bobagem que está falando.
Veja bem: Djoko é superior na defesa, backhand, lob, mudança de direção da bolinha, profundidade das bolas, backhand, leitura tática, mental, elasticidade e nas trocas de bola. Antes de você falar do smash lembre-se que Djoko ganhou 3 slam aplicando esse golpe no match point (US OPEN 2018; AO 2021; RG 2021).

Bartolomeu
Bartolomeu
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Conseguiu a “excelência” por conta de um preparo físico sobre-humano, que ninguém sabe como ele consegue adquirir, e que curiosamente não tem sido mais o mesmo desde aquele episódio na copa Davis…

jOÃO TENNIS FANS
jOÃO TENNIS FANS
25 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

TÍTULOS DE GRAND SLAM
1 2 3
DJOKOVIC(24) NADAL(22) FEDERER(20)

SEMANAS COMO NÚMERO 1 NO RANKING

DJOKOVIC(426) FEDERER(310) NADAL(209)

TÍTULOS DE FINALS

DJOKOVIC(7) FEDERER(6) NADAL(0)

TÍTULOS DE MASTERS 1.000

DJOKOVIC(40) NADAL(36) FEDERER(28)

OURO OLÍMPICO(SIMPLES)
NADAL(1) FEDERER(0) DJOKOVIC(0)

H2H
DJOKOVIC(30) X NADAL(29)
DJOKOVIC(27) X FEDERER(23)
NADAL(24) X FEDERER(16)

Márcio Falci Junior
Márcio Falci Junior
26 dias atrás

O cara é incrível e pronto não se discute mais isso.
A mídia e o sistema capitalista tentam colocar ele para baixo pois vem da Servia e não da Espanha ou Suíça.
Ele tem uma alimentação diferenciada um físico muito melhor do que os dois outros oponentes e joga demais.
O fato de não ter tomado vacina também contribui para o sistema capitalista colocar ele para baixo.
Nos tempos de hoje você não pode ser mais o que você quer mas sim o que o sistema deseja..

samuel
samuel
26 dias atrás
Responder para  Márcio Falci Junior

Daqui uns10 anos a mídia e o sistema vão se dar conta dos feitos e da grandeza que o sérvio conquistou.

Última edição 26 dias atrás by samuel
Gilvandro
Gilvandro
26 dias atrás
Responder para  Márcio Falci Junior

Verdade que tem esse lance de o sérvio não ser o queridinho do sistema, admiro muito o Djoko por isso, mas o fato é que o estilo de jogo do Djoko é muito feio e chato de assistir… fica difícil gostar dele por causa disso.

Ana
Ana
26 dias atrás
Responder para  Gilvandro

Feio e chato???
O cara joga demais!!!

luiz antonio pereira do nascim
luiz antonio pereira do nascim
26 dias atrás
Responder para  Ana

Pra vc

Fabio
Fabio
26 dias atrás
Responder para  Márcio Falci Junior

o que o capitalismo tem a ver com isso???
viajou total agora

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Márcio Falci Junior

Meu Deus…

Oscar Riote
Oscar Riote
26 dias atrás

Essa papo me dá uma canseira…
Mas vamos lá. Djokovic não tem a mesma grandeza de um Federer ou um Nadal pq os dois detém estilo de jogos únicos e que não são replicaveis.
Djokovic já tem um jogo mais genérico. Que outros tenistas faziam e fazem uso, como exemplos tenis Agassi, Hewitt, Roddick( exceto saque), Rune, Ruud, Medvedev, etc

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Novak tem um estilo de jogo perfeito e referência para todos da nova geração. Eles tentam imitá-lo, mas jamais conseguirão. Já do estilo ultrapassado do Federer, ninguém quer saber.

Vera
Vera
25 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Seja lá como for, o estilo de jogo de Novak deu a ele os maiores recordes e vitórias. Falar mais o quê, mais, bonito? Maus feio? Simplesmente o mais próximo da perfeição. Idemo Nooooleeee!

Balbino Neto
Balbino Neto
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Ler Novak Djokovic é para poucos.

CCC
CCC
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Não me parece que tenha razão, Óscar. Relativamente ao Federer, sem dúvida que jogava com uma elegância distinta, mas o Nadal sempre jogou muito na base da força. Todos têm estilos diferentes e pode-se gostar mais de um ou de outro, quer em estilo de jogo, quer em carácter e personalidade, mas os números ditam muita coisa em todos os desportos. Não esqueçamos ainda que no caso do Nadal se não existisse terra batida o número de slams seria bastante inferior

Jonas
Jonas
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Bom, Federer tinha um estilo clássico, que foi replicado por Dimitrov e Tsitsipas, só que obviamente esses bons jogadores não são geniais como o suíço.

Nadal sim, é dono de um forehand totalmente fora do padrão. Eu nunca vi coisa parecida, mas ainda assim na comparação com o Djokovic o espanhol sai perdendo. É meno jogador que o sérvio, exceção feita ao saibro.

Rogério Frederico
Rogério Frederico
26 dias atrás

McEnroe parece não entender que o público não olha o número de títulos, mas sim a qualidade do jogo praticado em quadra… nisso o sérvio deixa a desejar demais…

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

Errado: o público quer saber de quem vence mais e não de quem faz acrobacias e perde. Djoko é o maior e melhor que já existiu com seu tênis magnífico e superior ao dos rivais.

Rogério Frederico
Rogério Frederico
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Não cometa o erro de pensar que os outros são seu espelho… você é uma pessoa que só se importa com resultados a despeito de qualidade, mas o público em geral não…

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

Isso mesmo Rogério.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

O público em geral tirando viúvas ressentidas do Federer se importa com resultados. E será assim com Alcaraz, Sinner e cia.

Rodri
Rodri
25 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

Você fez exatamente isso quando comentou que o público a “qualidade”? Quanta incoerência

Rogerio Silva
Rogerio Silva
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Óbvio que os números dizem isso.
Mas é incrível como a maioria,algo em torno de 80%,torce para o tenista do outro lado da rede,não importa quem seja ele.
Ele tem essa particularidade.

Jonas
Jonas
26 dias atrás
Responder para  Rogerio Silva

Quem ganha incomoda.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Rogerio Silva

Não vi isso agora em Roland Garros. A torcida em massa estava com o GOAT e tinha até torcedor fantasiado de bode.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
25 dias atrás
Responder para  Rogerio Silva

Cadê a fonte?

Jonas
Jonas
26 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

“público” = fãs de Nadal e Federer.

Edson
Edson
26 dias atrás
Responder para  Jonas

Deixa esses fedais quietos, eles não cansam, os netos deles vão saber quem é o melhor e maior de todos os tempos, os números vão estarem nos livros…..

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Jonas

Muito além dos dois meu caro. Fãs do tênis em geral.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
25 dias atrás
Responder para  Renato B

Fonte?

Marcelo Costa
Marcelo Costa
26 dias atrás
Responder para  Rogério Frederico

Rod laver jogava como??? Você sem pesquisar não sabe, mas sabe que ele venceu 13 gs, então o importante é…………

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Marcelo Costa

Então o importante é que ROD LAVER é o maior de todos, pois foi o ÚNICO que ganhou os 4 majors no mesmo ano, e por 2 vezes.

Jonas
Jonas
26 dias atrás
Responder para  Renato B

Djoko já venceu os 4 Slams em sequência, esse é um dos feitos dele.

Só que ele foi além e venceu 8 Finals, 40 masters 1000, venceu 24 Grand Slams etc etc. Não dá nem pro começo.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Renato B

Ganhou só 5 na era profissional. Djoko tem 24, é uma surra homérica.

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Mas não ganhou os 4 no mesmo ano. E o Laver será eternamente lembrado por isso. Aliás, como o próprio McEnroe disse, é o “holy grail” do tênis.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Renato B

Djoko ganhou os 4 consecutivamente entre 2015 e 2016. De qualquer forma, isso é apenas UM recorde do Laver, enquanto o sérvio tem mais de 15 extraordinários além desse acima, como: recorde de Slams, Masters, Finals, semanas #1, temporadas #1, Triple Career Slam, Double Golden Masters, número 1 mais velho da história, melhor temporada da história (2015), maior pontuação da ATP (16950), maior percentual de vitórias contra top 10, maior percentual de vitórias contra top 5, maior número de vitórias em Slam, maior participação em quartas de final, semifinais e finais de Slam.

Nenhum tenista na história chega perto.

Marcelo Costa
Marcelo Costa
26 dias atrás
Responder para  Renato B

Note que você escreveu “ganhou ” não jogou mais bonito, ou seja, vencer é……….

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Marcelo Costa

11 Slams.

Marcelo Costa
Marcelo Costa
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Obrigado pela correção.

Astolfo Rodrigo
Astolfo Rodrigo
26 dias atrás

Estilo de jogo super eficiente, porém chatíssimo de assistir… o tratamento que recebe é reflexo disso.

CCC
CCC
26 dias atrás
Responder para  Astolfo Rodrigo

Chato para alguns. Será o do segundo maior detentor de slams menos chato? Não me parece. Muito bom amorti, muito bom jogo de rede (dos melhores), esquerda tremenda, flexibilidade inigualável (até à data), muito bom serviço, melhor resposta ao serviço de sempre (dizem as estatísticas), provavelmente o melhor de sempre a defender,… não percebo.
Se o Brasil ganhar a Copa América a jogar “chato” o povo vai detestar e nem vem à rua!

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
26 dias atrás
Responder para  Astolfo Rodrigo

O Djokovic tem inúmeros fãs pelo mundo. As grande maioria dos que o criticam são os fãs do Federer e do Nadal que ainda não se conformaram por seus ídolos terem sido superados. O tênis, assim como todos os esportes, é uma competição cujo objetivo principal é ganhar o jogo de acordo com algumas regras preestabelecidas. Quem quer ver exibição vá ao teatro, a um show de música, desfile de moda. Esporte é competição e o que vale é o resultado. Achar o jogo feio ou bonito é questão de gosto. Pra mim o bonito é ter eficiência. Quem quer ver exibição de basquete assiste harlem globetrotters, que quer ver competição, assiste NBA. Entre os dois, prefiro a NBA.

Gilvan
Gilvan
26 dias atrás

“Ninguém gosta de mim!”
Agora o Djoko já conta com o apoio do Kyrgios, do Mcenroe, da Cornet… o próximo apoio virá de quem? Da Suzanne Von Richtofen?

Neri Malheiros
Neri Malheiros
26 dias atrás
Responder para  Gilvan

Não, Gilvan, pode parecer incrível, mas um dos últimos reconhecimentos veio do próprio Federer, que, de maneira insuspeita, e até bem elegante, confessou em seu documentário sobre a aposentadoria ter sido arrogante e desrespeitoso quando enfrentou Nole nas primeiras vezes e que, como deve ter ocorrido e ainda ocorre com muitos fãs da dupla predecessora, demorou a reconhecer o talento do sérvio. Em um dos trechos da declaração ele afirma: “… Ele era visto como um intruso na luta entre mim e Rafa. Havia muita paixão nessa rivalidade. Por isso, quando o Novak apareceu, muita gente disse: ‘Não precisamos de um terceiro. Estamos felizes com Roger e Rafa.’ Mas Novak tem uma personalidade fortíssima e uma fome incrível. Quer vencer sempre, custe o que custar…”

Ou seja, você e boa parte da legião de fãs do suíço e do espanhol se mantém aferrados a uma época que o tempo, outro intruso, tratou de mostrar que pertencia ao passado.

Embora eu seja torcedor de Nole, tenho profundo respeito e admiração por Roger e Rafa, sem os quais Nole e os outros dois jamais seriam quem foram e ainda representam para o tênis, fato que já foi ampla e repetidamente reconhecido por todos eles.

Muito mais prazeroso que essa infindável discussão sobre quem é o melhor ou o maior é nos deleitarmos com as partidas épicas que esse Trio Assombro nos legou. Com a aposentadoria dos três, pouco a pouco, a história e eles próprios se encarregarão de pôr os pingos nos ‘is’.

Gilvan
Gilvan
26 dias atrás
Responder para  Neri Malheiros

Eu falei do Djokovic e você entrou numa discussão sobre Federer, Nadal, quem é melhor etc. Nunca entro e não entrei nessa discussão furada.
Apenas expressei meu repúdio ao sérvio, como boa parte dos fãs de tênis o fazem, já que ele deu motivos de sobra para isso, seja dentro, seja fora das quadras.
Não à toa, outras figuras “discutíveis” (pra dizer o mínimo) do circuito vem sair em defesa do sérvio, dizendo que, tadinho, ele não é reconhecido.
Que posso dizer? Cada um paga pelo que faz e pelo que pratica. Djokovic é uma pessoa execrável e por isso não tem uma legião de fãs como Federer, Nadal, e gente das antigas e novas gerações, como Sampras, Laver, Becker, Alcaraz, Sinner. Quer justiça? Reclame com o juiz, não com os torcedores.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
26 dias atrás
Responder para  Neri Malheiros

Neri, me perdoe criticar seu texto, muito bem escrito e sem nenhuma paixão, mas dar essa eloquência toda aos Gilvans, talvez seja perda de tempo. Veja, que em nenhum momento ele sai da linha da tentativa de apenas detonar, seja o que for que vier da Sérvia.

Ma Long
Ma Long
26 dias atrás

Esse complexo do “tadinho” que criam ao redor do Djokovic é de dar náuseas.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás

Novak Djokovic é o jogador mais completo de todos os tempos e o maior vencedor do tênis. É isso que fica pra história e não simpatia e jogo plástico que não traz resultados de um verdadeiro GOAT.

Bartolomeu
Bartolomeu
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Verdade, na letra fria da história ficará escrito que Djokovic é o cara com os maiores números, porém no coração dos apreciadores do bom tênis Federer será sempre maior, devido a seu estilo de jogo singularmente belo…

Rogerio Silva
Rogerio Silva
26 dias atrás
Responder para  Bartolomeu

Tenho um sobrinho que disse que “o Federer caminhando já é elegante,jogando então é um esculacho”
Essas coisas ficam na memória das pessoas,sou super fã do Lendl,mas as pessoas preferem o Edberg,e olha que o Lendl,ao contrário do Novak ,nem tentava ser simpático !

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Bartolomeu

Quem começa a jogar tênis agora se espelha no Djoko e não no suíço, que já está caindo no ostracismo.

Renato B
Renato B
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Pergunta pro João Fonseca em quem ele se espelha.

Oscar Riote
Oscar Riote
26 dias atrás
Responder para  Paulo Almeida

Completo ele não é. Vencedor sim.
Smash, voleios e slices estão muito abaixo de diversos tenistas.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

E o back atrofiado e as madeiradas de Federer?

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Djokovic ganhou 3 slam com o ponto final sendo um smash. Vejamos:
US OPEN 2018;
Australian OPEN 2021;
Roland Garros 2021.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
26 dias atrás
Responder para  Oscar Riote

Completo significa que ele não tem buracos no seu jogo e engloba técnica, tática, mental e físico. Sim, é o mais completo.

Smash é um golpe irrelevante, mas melhorou muito. Atualmente ninguém voleia e dá slice melhor do que o Djoko. Você nem assiste às partidas dele.

Bartolomeu
Bartolomeu
26 dias atrás

Djokovic tem um estilo de jogo genérico, igual ao que milhares de outros tenistas praticam, apenas com um nível de ENFs menor e um preparo físico sobre-humano (sabe-se lá como ele consegue esse físico)… As pessoas não o admiram porque não vêem magia nele, simples assim.

Ma Long
Ma Long
26 dias atrás
Responder para  Bartolomeu

Acho que desde novembro do ano passado foi explicado o físico sobre-humano do sérvio. Desde então, nunca mais foi o mesmo.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
26 dias atrás
Responder para  Bartolomeu

Tomando Gatorade com Red Bull!

Nonato
Nonato
26 dias atrás

Sou fã do Novak! Infelizmente para muitos o herói tem que ser perfeito, portanto, irreal.

Balbino Neto
Balbino Neto
26 dias atrás

McEnroe não aceita a invisibilização que a imprensa e ATP imputam ao maior e insuperável tenista da história. Ele expõe alguns motivos que ele acredita serem os motivos mas ele sabe que tem mais coisas por trás. De qualquer forma, MacEnroe empresta o seu nome para defender o que seria justo e não é.

Rogerio Silva
Rogerio Silva
26 dias atrás
Responder para  Balbino Neto

Ele tbm foi um super campeão criticado.
Ganhou inúmeros torneios de simples e duplas mas o temperamento em quadra era péssimo,nenhum tenista atual é tão ruim como ele foi.

Rafael
Rafael
26 dias atrás

Vida longa ao melhor jogador de tênis da história! Novak Djokovic é um gênio!!

Anderson
Anderson
26 dias atrás

Não tem nada de injustiça. Ninguém é obrigado a gostar de ninguém. Gosto cada um tem o seu e o Djoko tem o tratamento que ele merece.

Marcelo Costa
Marcelo Costa
26 dias atrás

Big Mac disse o mesmo que o Federer em seu documentário, e não houve essa grita toda.

Rockton
Rockton
26 dias atrás

Nadal e Federer não foram negacionistas de vacina durante uma pandemia que matou milhões de pessoas no mundo. Pronto! Só isso já reduz Djokovic a quase nada. Pode ter um milhão de títulos, ser contra a vida já o torna um pária.

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
26 dias atrás
Responder para  Rockton

O Djokovic nunca recomendou para qualquer pessoa que seja que não tomasse vacina. Ele decidiu não tomar vacina porque confiou no seu sistema imunológico saudável e não quis arriscar de tomar uma vacina que foi pouco testada. Daí a atribuir a ele a morte de milhões de pessoas pelo coronavírus é uma diferença muito grande e uma enorme apelação. Independentemente do que ele faz fora das quadras, os seus feitos no esporte já estão gravados na história e permanecerão nela independentemente das pessoas gostarem dele ou não. Eu, particularmente, o acho um grande cidadão fora das quadras, tem espírito esportivo, sabe reconhecer o valor dos adversários, dá atenção e ajuda as novas gerações, é atencioso com os fãs. Apenas em alguns dias de competições, o seu espírito competitivo fala mais alto e às vezes ele tem um comportamento mais hostil com alguns torcedores, mas isso não é a regra.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
25 dias atrás

Mas, CA, convenhamos que, comportamentos hostis com alguns torcedores são reações e não ações, certo?

Vera
Vera
25 dias atrás

Nole contra a vida ??? Ele é a favor da vida saudável. Parabéns pelo comentário Carlos, muito coeso.

Piter Oliveira
Piter Oliveira
26 dias atrás
Responder para  Rockton

Uma mentira contada várias, vira uma verdade né? Ele nunca foi negacionista de vacina. Apenas não quis introduzir em seu corpo, algo que não tinha sido testado. Não tem, em nenhum lugar, ele fazendo campanha para outras pessoas não se vacinarem.

Vera
Vera
25 dias atrás
Responder para  Piter Oliveira

Exatamente!

Paulo Mala
Paulo Mala
26 dias atrás

Todo mundo sabe que McEnroe não se dá muito bem com o Fedal, então ele defende o Djokovic

Robério
Robério
26 dias atrás

Medidas as proporções, a Rede Globo pintou Alan Prost como um vilão em relação a Ayrton Senna e nunca conferiu o mesmo reconhecimento ao tricampeonato de Nelson Piquet, independentemente de sua personalidade ou ideologias.
O mesmo ocorre com Novak Djokovic por parte da imprensa, em comparação a Roger Federer e Rafael Nadal.
Posso estar completamente equivocado e aceito incondicionalmente posições contrárias.

Gilvan
Gilvan
26 dias atrás
Responder para  Robério

Convenhamos que o sérvio não se ajuda. Só faltou mandar o dedo do meio para os torcedores. Gritos, xingamentos, chiliques, raquetes quebradas, boladas em juízes, ofensas contra a própria equipe… isso só pra ficar dentro de quadra.

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
26 dias atrás
Responder para  Gilvan

A questão é que o objetivo do sérvio não é agradar a torcida e muitos o admiram por isso. Eu sou fã do Djokovic, o acho o melhor tenista de todos os tempos, mas tem alguns comportamentos dele que eu acho que poderiam ser evitados. Porém, cada um tem um jeito de ser e se ele é assim, eu o respeito por isso. E ele assume as consequências pelas suas atitudes, nunca foi de ficar chorando ou reclamando.

Gilvan
Gilvan
26 dias atrás

Se o objetivo não é agradar aos torcedores, então o Mcenroe não tem de reclamar da reação do público. Está colhendo o que planta.

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
26 dias atrás
Responder para  Gilvan

Pois é. Nunca vi o Djokovic reclamar do tratamento que recebe. Acredito que o objetivo do Nole não é a competição fora da quadra contra o Federer e o Nadal. O que a torcida pensa dele acho que não é preocupação do atual nº 2 do ranking. O problema é que sempre tem alguém levantando essa questão. Já que não existe mais discussão sobre quem é o melhor tenista da história, pois isso já está definido, sempre aparece alguém pra levantar outras discussões pra tentar diminuir o valor do sérvio. E realmente ele está colhendo o que plantou porque tem milhões de fãs pelo mundo, é sempre reverenciado em qualquer lugar que vá e serve de exemplo e inspiração para muitos tenistas da nova geração. O fato dele não ser uma unanimidade, não quer dizer que não seja um tenista extremamente popular no mundo inteiro. Acredito que nem o Federer e nem o Nadal são unanimidades.

Joselito
Joselito
26 dias atrás

Quanto mais o desvalorizam, mais ele joga. Continuem nessa pegada.

Nei Costa
Nei Costa
26 dias atrás

McEnroe se resente dele mesmo não ter tido a força mental de Djokovic e se sobressaindo sobre seus rivais. Djokovic fez o que ninguém conseguiu fazer e numa escala ainda mais inimaginável. Os grandes recordes alcançados por Djoko são super recentes e nem deu tempo de se assimilar a imensidão de seus feitos, ainda mais que permanece a expectativa de que ele alcance ainda mais.

Sergio Barreto
Sergio Barreto
26 dias atrás

Novak Djokovic eh o melhor tenista de todos os tempos. Se distingue não só pelo tênis vencedor, como pelo seu forte temperamento e pela robustez de seu caráter.

Tomé
Tomé
26 dias atrás

Não foi só a questão esportiva. A lacração entrou forte em campo quando Djokovic não quis tomar a picad@ . No próprio meio do tênis o trataram com bandido e assassino. Nadal e outros minimizaram a injustiça que ele sofreu na Austrália e a proibição de entrar nos EUA. Tudo isso pesou. Pessoas realmente perversas tentaram destruir o sérvio, que se manteve fiel às suas convicções, deu a volta por cima e mostrou quem realmente era o GOAT.

Zan
Zan
26 dias atrás

Ninguem é obrigado a gostar ou desgostar de alguem. A depender da afinidade, uns vao gostar mais de um ou outro. Sempre foi e será assim. Então, provavelmente cada um tem o público que merece. Mas, porém, contudo, todavia e entretanto, tem certo sentido o que big Mac disse. Djoko é muito direto nas falas e destoa da preferência média do publico. Além de não ter a simpatia da maioria do publico que gosta de Roger e Rafa. Todos que acompanham a historia do sérvio, gostando ou não, sabe que ele teve algumas atitudes polêmicas, mais que os outros dois… “mas quem nunca?” como diz os sábios. Fato que o sérvio faz bem ao esporte e fora dele. Mas identidade com o atleta, o profissional, passa por conduta. Os maiores numeros pertencem ao sérvio, mas Roger e Rafa tem aquela aura do Senna, do Guga… isso cativa, perfeitamente normal. Todos gostamos que crianças e jovens se espelhem em modelos de conduta…E Fedal sem dúvida é exemplo de conduta. Mas Djoko tbm é. E sabe se desculpar quando erra, o que o torna grande. Certa vez saiu comparativo de indicadores de qualidade de vida em cidades brasileiras. Diadema -SP ficou acima de Florianópolis em alguns indicadores (numeros melhores)… o que isso significa? Nada. Cada um vai ter sua preferência.

Marcelo Costa
Marcelo Costa
26 dias atrás
Responder para  Zan

Pesquisa sobre o murro que Senna deu no irvine, Rubinho presenciou.
Eu me atenho ao atleta novak, ele é tenista não trabalha na ONU, e ele ousou ser melhor, mais vencedor, mais determinado, o que sobra é preferência passional.

Ricardo
Ricardo
26 dias atrás

Negacionista de vacina durante uma pandemia que matou milhões de pessoas no mundo.
Mentiu ao entrar na Austrália.
Apoia o fascismo na Sérvia.
Pode ter um monte de títulos como Court e ninguém lembra dela, mas continuará sendo um excluído.

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
26 dias atrás
Responder para  Ricardo

Claro que lembram da Court. Ao citar o nome dela você acabou de lembrar. Quanto ao Djokovic, tem muitos que o admiram e usam seu exemplo como motivação e inspiração. Obviamente que os fãs do Federer e do Nadal vão sempre procurar um motivo para desmerecê-lo e criticá-lo.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
26 dias atrás

Mesmo que os motivos sejam mentiras inventadas.

Rafael Lucena
Rafael Lucena
26 dias atrás
Responder para  Ricardo

Ninguém lembra dela e vc tá aqui lembrando. Court não tem toda essa relevância porque conquistou títulos amadores, tendo só 11 slams na era open (profssional), sendo que dos 11 ainda tem 4 na Austrália, onde os profissionais não iam naquela época. Ele não quis se vacinar, não disse pra ninguém evitar a vacina. Você mente e engana a si mesmo pq não suporta ver ele se tornar tão maior que os outros dois. Nada vai adiantar, já é o maior e ninguém tira mais.

Luis
Luis
26 dias atrás

McEnroe defende o Djoko por que ele também, assim como o servio, faziam de tudo para as pessoas não gostarem deles. Passava meia hora por jogo falado que a bola tinha sido fora ou dentro, gelava e distraia o adversário o tempo todo.
Ninguém descute o que ganharam, mas recebem o tratamento que deram aos outros durate suas carreiras.

Nei Costa
Nei Costa
26 dias atrás
Responder para  Luis

Djoko, mesmo depois de perder a final de um grande torneio, sempre felicita seu adversário com um grande sorriso e o parabeniza pela grande vitória. Sampras , Federer e Nadal, quase sempre saem com cara emburrada e mal parabenizam seus rivais.

Luis
Luis
25 dias atrás
Responder para  Nei Costa

Depois de ter feito de tudo para atrapalhar o adversário ele da um sorriso e parabeniza, o que, para mim, parece uma mistura de cinismo e tentativa de parecer bom moço para o público mais leigo. Se ele mantivesse o mesmo comportamente ao menos pareceria mais honesto.

Luiz Fabriciano
Luiz Fabriciano
26 dias atrás
Responder para  Luis

Viu Carlos Alberto Ribeiro da Silva?

Marcos RJ
Marcos RJ
26 dias atrás

Quem consegue ler nas entrelinhas, entende que… McEnroe esta falando sobre si mesmo.

CCC
CCC
25 dias atrás
Responder para  Marcos RJ

tanta divagação…

Danilo
Danilo
26 dias atrás

Novak é o melhor e maior da história em todos os aspectos! Rafa e Roger eram mais simpáticos a ele antes da quebra por ele dos recordes desse esporte, assim como os fãs dos “mocinhos”. Muito linda a história de Nole saindo de baixo para superar as grandes lendas

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
25 dias atrás

Percebi que os terceiretes deixaram de comentar os feitos em quadra para discutir fatores comportamentais no tênis. Isso é sintoma do desespero de não ter mais nenhum recorde relevante. Eu dou muitas gargalhadas com esse chororô todo.

Ideon Carvalho
Ideon Carvalho
25 dias atrás

imorrível

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE